GEEK CITY | Confira os painéis que rolaram no evento

Um dos maiores eventos de cultura geek da região sul ocorreu dos dias 31 de agosto a 02 de setembro. A Geek City 2018 deixou Curitiba arrepiada com mais de 25 atrações exclusivas divididas em painéis, atividades, stands e entrevistas com convidados especiais. E como não podia ser diferente, o Multiverso Mais mostra  tudo que rolou no evento.
A sexta feira (31) começou com tudo! Bruno Motta falou no painel “A serviço do Gamer” e logo em seguida Alexandre Kikuchi, falou sobre a como a Unity tem democratizado o cenário gamer.
Às 17h 20 Pitter Rodriguez·comentou como o Twitter é uma ferramenta poderosa no mundo gamer com  o painel“Twitter & Gaming: o poder de engajamento da plataforma em torno do universo de games”
Ainda com convidados especiais,  Danilo Tokudoc e Toshihiko Egashira, trouxeram os icônicos  “30 anos de Jaspion e Changeman”
No sábado (01)  Gabriel Wainer e Luciano Cunha da  Downtown Filmes apresentaram e comentaram sobre o filme ‘O Doutrinador’ que chega aos cinemas no dia 18 de outubro desse ano.
“O Doutrinador” 
O filme é inspirado no quadrinho de Luciano Cunha que criou um vigilante mascarado que surge a fim de atacar a impunidade que permite que políticos e donos de empreiteiras enriqueçam às custas da miséria e do trabalho do povo no  Brasil. Além disso, o personagem que se chama Miguel vive uma busca pessoal por vingança e deseja fazer justiça com as suas próprias mãos. A história do homem por trás do disfarce de “Doutrinador” envolve uma jornada pessoal de vingança na qual um agente traumatizado decide fazer justiça com as próprias mãos.
Em 2019 o filme ganhará sua versão para a televisão, porém vale lembrar, que o roteiro para a televisão e cinema serão distintos porém se complementarão. Gustavo Bonafé permanecerá na direção, com Fabio Mendonça comandando alguns episódios que serão transmitidos via o canal fechado Space.
[youtube https://www.youtube.com/watch?v=KIxUQch9los&w=560&h=315]
Logo em seguida Marcelo di Chiara um dos mais importantes  ilustradores de quadrinhos do Brasil e que atualmente é da DC trouxe o painel: “Do Brasil para o mundo: Ilustradores que fazem história”. A galera do Jovem Nerd apresentou e comentou o filme da Fox Film “O Predador” que estará nos cinemas a partir do dia 13 de setembro.
“O Predador”
“Pela primeira vez o predador toma seu lugar de destaque”- Alexandre Ottoni, Jovem Nerd. O filme dirigido por  dirigido por Shane Black e escrito por Black e Fred Dekker faz parte da série de filmes “Predador”. Estrelado por Boyd Holbrook, Trevante Rhodes, Jacob Tremblay, Keegan-Michael Key, Olivia Munn, Sterling K. Brown, Thomas Jane e Alfie Allen. O predador conta a história de um menino  que acidentalmente ativa o retorno dos predadores porém, os predadores estão mais inteligentes e forte como nunca. Ex-soldados e um professor de ciências irão se juntar para impedir que a raça humana se perca para sempre se juntam para lutar contra essa ameaça e proteger o futuro da raça humana.
[youtube https://www.youtube.com/watch?v=rcLNfp2wx4s&w=560&h=315]
Uma das atrações mais esperadas da Geek City 2018 foi a visita de Carlos Villagrán, o eterno Kiko do seriado “Chaves”. Villagrán, sempre muito humilde tirou dúvidas e interagiu com a plateia, e claro, comentou suas histórias pessoais e profissionais como Kiko e como Carlos Villagrán. Na Geek City, com exclusividade, Carlos Villagrán anunciou que esse seria sua última participação e aparição como Kiko. Para Villagrán, está na hora de deixar Kiko crescer. Muitos fãs estiveram por aproximadamente duas horas numa fila para tirar foto e se aproximar do eterno Kiko.

IMG_1978
Carlos VillagránFoto: Lorraine Dias

Carlos Villagrán- O Kiko de “Chaves”
Villagrán é o ator mexicano por trás do eterno ícone do seriado Chaves, entretanto sua carreira como ator começou por acaso numa oportunidade aberta por Roberto Bolaños, o Chaves. Durante sua trajetória, Villagrán envolveu-se em diversos conflitos com a equipe do seriado, muitos desses conflitos relacionados a inveja profissional dos demais atores do seriado, já que o “Quico” fez maior sucesso que os demais personagens.
Além disso Villagrán também enfrentou problemas em relação aos direitos autorais do personagem. Após o término em 1985 do seriado no México Villagrán necessitou registrar para si os direitos de “Quico” para “Kiko” já que o primeiro nome pertence a Bolaños. Entretanto, até hoje Villagrán contesta o falecido Bolaños sobre os direitos de “Quico” já que a construção do personagem, segundo Villagrán foi inteiramente dele.
[wpvideo rTPIJysN]
A Paris Filmes também esteve na Geek City e o youtuber Thiago Barros trouxe os lançamentos para 2018, entre eles, “Parque do Inferno” e “A Freira”.
“Parque do Inferno”
O filme“Parque do Inferno” é inspirado nos tradicionais parques de terror dos EUA, no enredo do filme a estudante de faculdade Natalie (Forsyth)  visita sua amiga Brooke (Edwards) e sua colega de quarto Taylor (Bex Taylor-Klaus) em pleno Halloween. Para comemorar essa visita as amigas vão ao parque “HELL FEST” que nada mais é que um labirinto de brinquedos macabros. Entretanto o parque esconde uma terrível prática: Caçar e matar seus visitantes.
[youtube https://www.youtube.com/watch?v=yBSzaGPzlfU&w=560&h=315]
“A Freira”
O filme “A Freira” já está nos cinemas e é continuação da série “Invocação do Mal” do diretor Corin Hardy. A trama conta a história de um convento na Romênia do qual  uma freira comete suicídio. Para descobrir o que aconteceu o Vaticano envia um padre especialista em casos especiais e uma noviça conhecida por suas visões. Ambos descobrem que não se trata de um suicídio somente, mas sim de um grande mal que confronta pela imagems de um freira a fé e a alma das pessoas ao seu redor.
Pela crítica, o filme foi considerado um dos mais “leves” da franquia, a crítica também supõe que por se tratar de fatos religiosos a precaução justificou os sustos nem tão assustadores assim. Entretanto, o roteiro do filme foi muito bem escrito e bem executado no no longa
[youtube https://www.youtube.com/watch?v=lqiQKemWZhU&w=560&h=315]
Guilherme Briggs também foi um dos convidados mais esperados na Geek City, Briggs que é  referência na dublagem brasileira, comentou com o público como foi sua carreira como e o quê fez para conseguir fazer o tema do seu painel: “O reconhecimento internacional da dublagem brasileira”. Com muita simpatia e simplicidade, Briggs comentou a importância da valorização da área e agradeceu com muito carinho todos e todas que estavam no evento.
IMG_2054
Guilherme Briggs/ Foto: Lorraine Dias

Já no Domingo (02) as Startups tiveram destaque  Olist, Phonetrack, Pipefy, EBanx e Vale do Pinhão comentaram como boas ideias viraram negócios milionários. Além disso, os convidados comentaram que essas ideias surgem quando menos se espera e que o jovens são a fonte dessas ideias, porém nem sempre estão prontos para executá-las.
Logo em seguida a Gibiteca de Curitiba uma das mais importantes instituições de quadrinhos no sul do Paraná, trouxe um pouco do universo dos quadrinhos brasileiros e mostraram como há qualidade e variedade no quadrinho brasileiro assim como os grandes nomes como Marvel e DC
IMG_2076
Gibiteca de Curitiba/ Foto Lorraine Dias

Ian SBF e Totoro do  Porta dos Fundos , explicaram no painel “O momento dos geradores de conteúdo na internet” como a internet tem mudado a forma de fazer humor e de produzir conteúdo.
IMG_2143
Ian SBF e Totoro/ Foto Lorraine Dias

Ainda no domingo  Rosi Campos, Flávio de Souza, Eduardo Silva e Fernando Gomes, contaram no painel “TV Cultura – “Senta que lá vem a história” como era a rotina de um dos seriados mais queridos do Brasil na década de 1990 e 2000: O Castelo Rá Tim Bum. Os convidados contaram com exclusividade segredos de bastidores e responderam perguntas da plateia. Ao fim, sortearam pelúcias, canecas e fotos autografadas dos demais personagens da trama.
 
IMG_2205
Elenco de “Castelo Ra Tim Bum”/ Marcelo Neri

 
IMG_2278
Eduardo Silva/ Foto Marcelo Neri

 
IMG_2282
Rosi Campos/ Foto Marcelo Neri

 
[wpvideo mcqCucLs]
O último painel do evento trouxe a história do canal “choque de Cultura” que são considerados pelo El País “os críticos de cinema mais populares da internet”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *