Rainbow Six: "Silence" e "cameram4n" falam após estreias de FaZe e Liquid no BR6 2019

No último domingo (30), aconteceu os primeiros jogos do Brasileirão Rainbow Six 2019. No primeiro jogo da noite – disputado por FaZe Clan e Team Liquid – tivemos a frente as duas melhores equipes do cenário brasileiro. O primeiro mapa ficou no 5-5, mas no segundo, a FaZe conseguiu impôr seu jogo e conquistar os dois pontos na tabela. 

Após as partidas, Gabriel “cameram4n” Hespanhol, jogador da FaZe, contou ao Multiverso+ que as mudanças feitas no time agregaram bastante, ainda mais por ele conseguir exercer uma função mais agressiva com a entrada de  João Gabriel “YooNah” na line-up. O jogador nos disse que não esperava que a adaptação com o YooNah fosse tão rápida, exaltando a facilidade de trabalhar os mapas após a redução de map pool que aconteceu tanto na Pro League, quanto no BR6: “Ficou mais fácil trabalhar os mapas, porque antes tinha muito mapa pra trabalhar e estudar de uma vez.

O jogador da FaZe fez elogios ao novo formato adotado para o Brasileirão Rainbow Six 2019. Para cameram4n, ter um torneio longo reduz as chances de vitórias no quesito sorte. Além disso, ele se mostrou bastante confiante em relação ao jogo da sua equipe: “Acho que se a gente continuar com um bom trabalho, conseguimos levar mais uma.

Brasileirão Rainbow Six 2019 tem nova casa (3)
Atual campeã brasileira, a FaZe Clan começou com o pé direito na temporada 2019 (Foto: Gui Caielli/Ubisoft)

A Liquid veio com uma surpresa em sua formação. O analista e sexto-player, Adenauer “Silence” Alvarenga, estreou no BR6 no lugar de Paulo Augusto “Psk” Ameiro. O analista contou ao M+ que completaria agora em outubro, 11 meses fora dos “gramados”, e que mesmo com a derrota no segundo mapa, jogar “pau a pau” com a FaZe foi muito bom. Silence exaltou que o time foi mais ativo com a sua entrada, apontando uma Liquid mais solta, que trabalhou com mais calls in game.

Brasileirão Rainbow Six 2019 tem nova casa (2)
Após tropeço no último mapa da série, a Liquid saiu sem pontuar na estreia (Foto: Gui Caielli/Ubisoft)

O sexto-player nos disse que pro restante da temporada podemos esperar uma constante evolução de sua equipe, além de algumas mudanças: “A gente ta fazendo agora um rodízio constante, talvez pros próximos jogos da Pro League, aconteçam algumas outras mudanças. Não sei como vai ficar porque não é a minha função, mas se precisar de mim, tô ai de novo.

Comentários