LoL: Duclou fala sobre 2-0 pra cima da Falkol e comenta sobre a nova mentalidade da CNB

Nenhum comentário

No último domingo (18) a CNB e-Sports venceu a sua primeira série na Superliga ABCDE 2018, somando uma vitória e uma derrota na tabela. A vítima dos Blumers foi a Falkol, que diferente da primeira semana, não conseguiu impôr o seu jogo e acabou sofrendo a sua primeira derrota no torneio.

No primeiro jogo da série, acompanhamos uma partida de aproximadamente cinquenta minutos, com ambos os lados errando bastante na execução de seus jogos. Em entrevista exclusiva ao Multiverso+, Francisco “Duclou” Duclou, novo solo top da CNB, comentou a sua visão sobre a série.

No primeiro jogo tivemos muitos problemas pois não estávamos conseguindo encaixar a equipe para finalizar a partida. Tínhamos muitas dúvidas dentro do jogo, nós treinamos muito agrupar todos em uma rota e fechar o jogo, mas meio que não estava dando certo, então percebemos que tínhamos que mudar a nossa estratégia para então ganhar a partida, e foi à partir disso que ganhamos o jogo“, contou o jogador.

No segundo jogo foi mais a fase de rotas e o impacto que o Yampi teve durante o jogo, conseguimos rodar bem a partir disso e o jogo foi mais tranquilo“, completou.

Com relação à sua chegada em sua nova equipe, Duclou disse que “tá sendo bem insano”.

Tá sendo bem insano, a galera da CNB é muito “daora“ e todo mundo lá quer evoluir, não temos brigas “negativas” no time, nós todos queremos melhorar e aprender, sem nada negativo, tá sendo insana essa experiência para mim“, comentou o jogador.

As mudanças da CNB resultaram na vinda de jovens talentos para a equipe, com o objetivo de mudar a mentalidade da organização como um todo. Duclou chegou com a responsabilidade de substituir o top laner Leonardo “Robo” Souza, que foi um dos maiores destaques da equipe no último split do CBLoL.

Para Francisco “Duclou“, substituir grandes nomes “é muito bom“. 

“É muito bom, Nós que chegamos não somos necessariamente experientes, temos um certo talento individual mas não somos experientes, só que diferente de ter tanto talento ou ter tanta experiência, temos muita vontade de aprender, ou seja, nos treinos, se acontece uma derrota, buscamos rever todos os nossos erros para não repeti-los, e se a gente ganha, revemos tudo para vermos como ganharíamos mais fácil a partida, basicamente é isso“, afirmou.

Na terceira semana da Superliga, os Blumers enfrentam a ProGaming, que vem de derrota para a Vivo Keyd. Ambas as equipes estão 1-1 na tabela e o resultado da partida pode colocar um dos times pra baixo. Sobre a próxima série, o solo laner da CNB foi rápido e sucinto: “Ainda está para ser planejada (risos)”.


Entrevista: Max Alexandre

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.