Jockster fala sobre nova flexibilidade da Vivo Keyd e brinca: “Somos um Exodia com quatro braços”

Nenhum comentário

A Vivo Keyd voltou a vencer na segunda semana da Superliga ABCDE 2018 e vem sendo uma das favoritas à avançar para os playoffs do campeonato. Com 2-1 pra cima da CNB e 2-0 contra a ProGaming, os Guerreiros estão com seis pontos na tabela, colados com a paiN Gaming, que também acumula duas vitórias em séries.

O maior diferencial da equipe para esse torneio foi a ida do suporte Luan “Jockster” Cardoso para a selva e a chegada de Matheus “Professor” Leirão para a rota superior, fazendo dupla tanto com Augusto “Klauss“, quanto com Micael “micaO“.

Em entrevista exclusiva ao Multiverso+, Jockster comentou que a sua ida para a jungle está sendo bastante benéfica para ele, não só como jogador, mas também como pessoa. O jogador da VK nos disse que a partir do momento em que “você entende a role do seu companheiro, isso te ajuda a entender o jogo como um todo“. 

Particularmente, eu gosto muito de jogar na jungle, está sendo muito divertido e é uma felicidade chegar no stage sabendo que vou desempenhar essa função“, disse Jockster.

Para o campeão brasileiro, “tem sido bem produtivas as alterações de rota por parte da equipe“. Ele nos contou que o time da VK é bastante imprevisível, visto que os adversários não sabem quem jogará em determinada partida. O “flex” ainda comentou que a chegada do Professor na bot lane foi uma grande adição, visto que é mesmo é bastante experiente e consegue desempenhar sua função tanto com o micaO, quanto com o Klauss.

Nós já conhecíamos ele (Professor) e éramos amigos, então foi algo bem tranquilo“, proferiu.

Jockster vê a Superliga como um torneio muito importante para o cenário brasileiro, uma vez que, caso não houvesse o campeonato, os jogadores ficaram quase cinco meses sem jogar em stage até o retorno do CBLoL. “É muito bom para você se preparar, testar coisas novas, utilizar seus jogadores substitutos para ver como eles vão se sair on-stage. Acredito que é muito produtivo para todo mundo“, comentou.

Como suporte, Jockster impressiona pela pool vasta. O jogador foi um dos primeiros a trazer o Pyke durante o CBLoL e transformou o pick no temor das outras equipes no último split. Sobre o meta atual da selva, Luan comentou que o viável no momento é “dar snowball, principalmente nas solo lanes“.

Ele vê os picks de Nocturne e Olaf fazendo essa função com bastante precisão e atribui isso ao aparecimento constante dos dois campeões. “Acho que para você lidar com eles, basicamente você precisa tentar dar tracking neles, pois aonde eles estão você não consegue lutar, você não consegue entrar em um Nocturne, ou num Olaf“, explicou.

Com a chegada dos reforços, Jockster brincou e terminou a conversa atribuindo ao time o nome de “Exodia Polvo”. “Agora temos muitos jogadores e todos são muito bons, então podemos dizer que somos um Exodia de quatro braços (risos)”.


Entrevista: Max Alexandre

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.