Mills fala sobre titularidade na INTZ e desempenho na Superliga: “Não tá perfeito e estamos sempre querendo melhorar”

Nenhum comentário

A INTZ está com 100% de aproveitamento na Superliga ABCDE 2018, com vitórias contra a Operation Kino (2-0) e IDM Gaming (2-1). Com a ida de Absolut para a Team One, quem assumiu o seu lugar foi Guilherme “Mills” Uessler Conti, que faz parte da equipe desde maio deste ano.

O Multiverso+ conversou com o Mills durante a segunda semana do campeonato e ele falou sobre a responsabilidade de titular na equipe, a responsabilidade em representar a INTZ e a relação dos jogadores com o Lucas “Maestro” Pierre, técnico da equipe. Confira:


Multiverso+: O que você pode falar sobre o pick de Lucian que você fez na série? Está feliz de ter feito a sua segunda partida como titular da equipe?

Mills: Lucian tem vantagem no early game em cima da Sivir, então uma das nossas condições de vitória era explorar isso.

E acho que tô mais aliviado depois dessa segunda série da Superliga, porque eu acho que tirou um pouco do nosso peso e conseguimos mostrar melhor o nosso jogo.

Como está sendo a experiência de jogar com os três suportes da INTZ (Tay, RedBert e Maynah) agora que você entrou no lugar do Absolut?

Mills: Eu acho que cada um dos três suportes tem sua características. Eu gosto de jogar todos eles, não tenho problema com nenhum.

Com relação a eu ter assumido o lugar do Absolut, fico feliz que a INTZ tenha confiado em mim e espero conseguir fazer um bom campeonato e eventualmente um bom CBLoL e campeonatos posteriores.

Como foi seu primeiro dia em relação a este segundo? Existiu algum nervosismo? Ainda sente o peso de ser titular numa das maiores organizações da América Latina?

Mills: Eu acho que na semana passada sentimos mais por ter sido o primeiro jogo do campeonato e por estarmos com um pouco de pressão por parte de nós mesmos querendo ter um desempenho melhor do que tivemos no CBLoL. Então ficou um pouco travado, não tínhamos assimilado tanto as coisas mas depois disso ficou tudo mais claro para todo mundo, como jogar, como ganhar os jogos, e a gente tá trabalhando. Não tá perfeito e estamos sempre querendo melhorar.

Estar na INTZ é muito bom, acho que melhorei muito desde que cheguei e ter o suporte deles é bem importante.

Como você avalia as mudanças de pré-temporada? Vai ter alguma mudança expressiva por conta dos novos patches ou no atual que vocês estão jogando na Superliga?

Mills: Com relação à mudanças não sei exatamente o que pode acontecer. Eu sei que temos coisas que não mostramos ainda, não só de mim. Estamos guardando “questões” para os próximos adversários então pode ser que aconteça.

O que você tem a dizer com relação a partidas futuras e sobre o relacionamento dos jogadores com o Maestro?

Mills: Com relação a partidas futuras, agora estamos com seis pontos e 100% de aproveitamento nas séries, então queremos chegar em primeiro sem perder nenhuma série, nosso foco vai ser sempre esse.

Sobre o Maestro, ele é uma pessoa muito importante para o time e todos se dão bem com ele.


 Entrevista: Max Alexandre

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.