LoL: Turtle mostra satisfação em sua nova posição e explica o papel de liderança do pbO na CNB

Nenhum comentário

Gabriel “Turtle” Peixoto até pode ter deixado a vida de pro player de lado, mas continua firme e forte no cenário assumindo o papel de coach na CNB e-Sports. “Tartaruga Veia” tem muita uma longa carreia competitiva mas essa é sua primeira experiência como técnico de um time, trabalhando ao lado de Gabriel “Loreviz” Loureiro e Lucas “BeellzY” Spínola, Head Coach e Positional Coach, respectivamente.

O Multiverso+ conversou com o ex-jogador após a derrota de sua equipe na última semana da Superliga ABCDE, onde a CNB acabou tomando uma virada para a ProGaming, que levou a série por 2-1. Confira a entrevista:


Multiverso+: Como tá sendo essa nova experiência de deixar de ser o cara que levava bronca para ser aquele que dá as broncas?

TurtleEu sempre quis ser coach, já imaginava entrar para esse meio depois que eu deixasse de ser jogador. Tô gostando demais, mais do que eu achava que iria gostar, tá sendo algo maravilhoso. Os meninos me escutam bastante e eu to conseguindo fazer um trabalho muito bom com eles. Óbvio que tem problemas que a gente precisa reforçar mais para melhorar, mas no geral estou gostando muito mesmo.

Você trabalha e continuará trabalhando mais à frente com os jogadores do tier 2/3. Quais são as suas expectativas para o restante da Superliga?

TurtleO bom de trabalhar com os meninos que vieram do tier 3 é que eles têm uma cabeça muito aberta, aprendem muito rápido e até mesmo a mecânica deles é muito boa. Fica tudo muito mais fácil, eles aprendem muito rápido e conseguem aplicar isso até no jogo seguinte.

Essa é facilidade que tem na garotada nova que vem aí, por isso optamos por esse projeto. Quanto a expectativa com a Superliga, estamos numa posição um pouco difícil, precisamos ganhar os próximos jogos para se classificar para os playoffs, mas estamos bem tranquilos, é só trabalhar nos nossos erros que avançamos para a próxima fase.

Na última série, a CNB perdeu de virada para a ProGaming, que aproveitou bastante de alguns erros de vocês. No seu ponto de vista, onde a equipe errou? Draft, bans, comunicação?

TurtleO draft foi muito bom para gente. Deixamos de executar algumas coisas no early game, então foi mais a gente não fazer o que era para ter feito e isso acabou tornando o jogo cada vez mais demorado, dando gold e itens para o adversário. Era pra gente ter executado nossa estratégia muito mais cedo no jogo, e ter acelerado para conseguir sair com a vitória.

O pbO é praticamente um líder dentro da CNB hoje e você vem trabalhando com ele como jogador já faz algum tempo. Como tá sendo trabalhar com o pbO em conjunto com o resto da equipe?

TurtleO pbO sempre teve esse lado dele mais líder, sempre puxou a responsabilidade para ele. Nas outras formações ele não conseguiu fazer muito isso, ficou meio apagado, mas agora ele tá realmente mostrando quem ele é, quem ele gosta de ser, e tá dando um boost para todos os outros meninos.

Então ele tá sendo um líder dentro do jogo mas os outros garotos também falam bastante, principalmente o Ourinhos, e eles conhecem e entendem muito do jogo, isso acaba ajudando muito o time. O pbO tá exercendo essa função de liderança e tá sendo fantástico.


Entrevista: Max Alexandre

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.