Danagorn e BocaJR comentam sobre a vitória do Santos em cima da Keyd: “A torcida faz toda a diferença”

Nenhum comentário

No último domingo (2), pela Superliga ABCDE 2018, o Santos e-Sports encarou a candidata ao título Vivo Keyd e venceu, após belíssimos jogos, por 2×1. Com a vitória, a equipe recém formada conquista a liderança do grupo, ao lado da ProGaming e da própria Vivo Keyd.

Logo após a série, conversamos com Daniel “Danagorn” Drummond (head coach) e Emerson “BocaJR” Alencar (suporte). De início, o técnico da equipe já ressaltou a importância da torcida santista que, desde o começo da Liga, marca presença em todos os jogos. “A torcida faz toda a diferença. Mesmo quando não estamos na frente, ela nos ajuda. Além disso, a série foi boa para gente pois conseguimos todos os drafts que queríamos e o jogo fluiu bastante. Esperávamos um jogo difícil, mas acabou que fomos muito bem nas fases de rota, que encadeou em nossa vitória”.

santos-e-sports-divulgação-superliga-torcida
A torcida santista marcou presença nos estúdios da SuperLiga (Foto: Divulgação/Santos e-Sports)

Para Danagorn, apesar do Santos fazer parte do tier 3 do competitivo brasileiro, a equipe já possui mentalidade e qualidade para ocupar o topo do cenário. Quando perguntado sobre os planos para 2019, Danaga afirmou: “Sabemos do nosso potencial e time pra isso. Só precisamos manter nosso ritmo de evolução e o céu é o limite!”.

Enquanto isso, BocaJR comentou sobre o ano da equipe, e como a mentalidade do time foi mudada. “Foi uma série muito boa. Nosso jungler conseguiu se provar. Essa série significa nosso trabalho da semana e toda a nossa evolução. Nossa mentalidade e qualidade já é de equipe tier 1, porém ainda sofremos muito com treinos, porque as demais equipes ainda não acreditam em nosso potencial como time”.

Para finalizar, Danagorn afirmou que não há a possibilidade do mesmo voltar ao rift e que a comissão técnica é o lugar em que se sente mais confortável e produz mais. “O trabalho do Dana é bom. Ele fala muito sobre pequenos detalhes e isso ajuda muito na nossa evolução. Ele sempre foca no básico, para nós não cometermos erros. Ele também ajudou muito o jungler, pois era a antiga role dele, que estava tendo algumas dificuldades nos últimos jogos, e fez com que o mesmo evoluísse cada vez mais”, afirmou Boca, que foi um dos destaques da série.


Entrevista: Max Alexandre

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.