RedBert vê INTZ forte mas crava: “Temos muito o que melhorar para o CBLoL”

Nenhum comentário

Depois de vencer a Vivo Keyd em uma série clean no último sábado, a INTZ terá pela frente a paiN Gaming na grande final da Superliga ABCDE 2018.

Em entrevista exclusiva cedida ao Multiverso+, o suporte Ygor “RedBert” Freiras ressaltou, que embora tenha feito uma série tranquila, ainda há muito o que melhorar no jogo dos Intrépidos para os próximos desafios: “Acredito que nessa série em específico nós pecamos bastante no quesito da paciência. Eu e o Mills em especial jogamos bastante impacientes, principalmente enquanto aconteciam lutas do outro lado do mapa, e isso atrapalhou bastante o nosso jogo“, contou.

Para RedBert, a INTZ da Superliga tem se mostrado uma equipe mais “cabeça”: “Não só os jogadores, mas também a staff – principalmente o Maestro. O tempo que o Peter esteve conosco foi de suma ajuda para o time no geral, e acredito que se continuarmos evoluindo dessa forma, chegaremos com tudo para o CBLoL em 2019“, afirmou.

Sem muitas surpresas, a INTZ anunciou a chegada de Matías “WhiteLotus” Musso para assumir a posição de atirador da equipe na próxima temporada. O jogador, considerado por muitos o melhor atirador da América Latina, já está a um tempo treinando no QG da organização, mas de acordo com RedBert, a sinergia entre os dois ainda não bateu: “Ele fala espanhol e eu falo português, então a comunicação ainda está um pouco complicada“, revelou.

Isso afeta o time em geral, principalmente na hora da comunicação. A função de shotcaller vem sendo administrada pelo Mills no momento, e ele tem feito isso muito bem. Mas nós já estamos treinando bastante para que o time inteiro fique na mesma página e é só questão de tempo para que tudo dê certo“, completou o jogador.

RedBert ainda comentou com relação aos diversos jogadores que hoje representam a INTZ. Para o suporte, ter diversas cabeças com inúmeras formas de pensar só trás benefícios ao time, pois embora pensem diferente, o foco é o mesmo: melhorar e ser campeão. “Eu não sei como vai ser daqui pra frente já que eu só jogo (risos) mas na minha opinião, só tende a evoluir, todo mundo se ajudando com o mesmo objetivo“, comentou.

Fechando a pauta, o jogador da rota inferior da INTZ se arriscou e apontou qual o time, que além da INTZ, vem forte para a próxima temporada do CBLoL em 2019: “Não dá pra comentar sobre KaBuM! e Flamengo, já que eles não estiveram jogando recentemente e tudo mais, mas das equipes que eu pude ver atuando, eu vejo a Redemption como uma das mais preparadas para a próxima etapa“.

INTZ e paiN se enfrentam neste domingo (23), às 14h (horário de Brasília).


Entrevista: Max Alexandre

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.