LoL: Em coletiva, Riot fala sobre patrocinadores do CBLoL, mais times no CBLoL/CD e sistema de franquias no Brasil

Foi anunciado hoje (10) pela Riot Games a adição da Red Bull ao grupo de patrocinadores do CBLoL. A apresentação foi feita durante uma coletiva de imprensa realizada pela produtora do League of Legends em seu escritório. Entretanto, essa não foi a única novidade apresentada pela empresa na ocasião.

Durante o encontro, foi pontuado pela Riot Games o quão importante foi o patrocínio da Gillette na última temporada do Campeonato Brasileiro. A marca foi a primeira grande patrocinadora do CBLoL e deve se manter para as próximas competições, ainda mais agora que está mais engajada no cenário competitivo.

Outra parceria que se mantém é a da Riot com o SporTV, que transmitirá por mais três anos todas as partidas do CBLol durante os fins de semana. A produtora ainda revelou que está conversando com outras plataformas de streaming para realizar a transmissão do campeonato em redes mais variadas. Hoje, o CBLoL é transmitido ao vivo apenas na Twitch e no Youtube.

Com relação ao Circuito Desafiante, foi reafirmada a parceria entre a Riot e a BBL para a realização da próxima etapa do torneio. O objetivo é profissionalizar e impulsionar cada vez o torneio, que em 2018 atraiu muita visibilidade devido ao alto nível apresentado. Em 2019, esse nível deve aumentar ainda mais com a chegada de mais times do CBLoL e mais investimento sendo feito por grandes organizações, como Falkol, Havan Liberty e até mesmo a já popular Operation Kino.

A bancada de narração também foi apresentada, e além da permanência de Camilotaxp, Colossimus e Gruntar, foi anunciado a adição de Eduardo “etsblade” Souza, que esteve presente durante toda a última edição da Superliga ABCDE 2018.

Durante o encontro, foram tiradas diversas dúvidas que rodeiam os fãs do cenário competitivo de League of Legends no Brasil. Os representantes da Riot Games afirmaram que existe sim, a possibilidade de adicionar mais times tanto no CBLoL, quanto no CD, contudo, é algo que segue sendo estudado. 

Outra coisa que vem sendo questionada é sobre a chegada do sistema de franquias no servidor brasileiro, visto que diversas regiões estão aderindo ao formato com o passar do tempo. Sobre isso, a Riot apontou que não é impossível, entretanto, é algo a longo prazo, visto que o sistema ainda não é ideal para o Brasil ainda.

Por fim, porém não menos importante, a Riot Games deixou claro que dará mais atenção ao que acontece no cenário tier 3, dado que são muitas as equipes que buscam a classificação para o Circuito Desafiante.

O CBLoL 2019 começa no dia 12 de janeiro, enquanto o Circuito Desafiante 2019 tem início no dia 21 de janeiro.

O Multiverso+ fará a cobertura completa de ambas as competições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *