LoL: CEO e fundador da Uppercut, André Marden morre aos 27 anos

Responsável pela gestão de sucesso que levou a equipe da Uppercut Esports – time de LoL representante da Ilha da Macacada – ao título do Desafiante e posteriormente à se manter no CBLoL, André “Mrelic” Marden nos deixou na manhã desta segunda-feira (14).

A morte foi divulgada pela organização em suas redes sociais e chocou todo o cenário de League of Legends do Brasil, dado que André era uma figura querida por todos, antes mesmo de embarcar no desafio de gestão da antiga IDM Gaming.

André sofria com problemas de saúde e fazia diversas idas ao hospital. Entretanto, isso nunca foi problema para que ele não fizesse a alegria dos fãs em suas redes sociais, e no grupo da Ilha. Mrelic também era música e antes de ser conhecido como é hoje, publicou alguns vídeos onde tocava teclado.

Uma das figuras públicas mais icônicas do cenário, Felipe “YoDa” Noronha fez um tweet onde se despediu de André, que esteve presente em diversos projetos seus como o “YoTalk Show” e o “Casos de Trabson”. Diversas equipes do cenário como Vivo Keyd e CNB também transmitiram os seus sentimentos ao pessoal da Uppercut.

Depois de investimentos feitos por parte de uma pessoa próxima a André, a IDM Gaming adentrou no cenário de esports em 2016. Depois de altos e baixos, a organização finalmente conseguiu vencer o Circuito Desafiante e cravou a sua presença no CBLoL na última etapa do ano passado. O time surpreendeu a todos positivamente e manteve sua vaga preenchida para 2019, mas agora como Uppercut Esports.

A causa da morte não foi divulgada pela organização.

0 thoughts on “LoL: CEO e fundador da Uppercut, André Marden morre aos 27 anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *