Tabletop Gods – Análise – Relembrando os jogos de tabuleiro

A desenvolvedora Ghost Fish Games traz um game de estratégia inspirado em jogos de tabuleiro e Clash Royale, com elementos de tower defense e estratégia em tempo real. Parece complicado? Até que não é!

O game possui diversas funções e sistemas que são fáceis de compreender e aprender, porém difíceis de dominar, como qualquer bom jogo de estratégia. Antes de cada partida, os jogadores podem configurar suas defesas, como armadilhas e torres com canhões, de acordo com sua mana e o custo de cada “carta”. Após esse momento pré-guerra, começa a batalha em tempo real, e, realmente, lembra muito Clash Royale, com várias unidades e magias com suas funções e efeitos específicos, que podem evoluir no decorrer das lutas, com seu sistema de experiência. As unidades e magias também custam mana, que vai sendo recuperada conforme o tempo. Usar suas unidades no momento certo no lugar certo faz toda a diferença, pois gigantes apanham para cavaleiros, porém os derrotam com apenas um hit, então é necessário colocá-los de modo que não morram todos de uma vez e por aí vai.

Tabletop Gods

Existem duas facções, Humanos e Mortos-vivos, com suas próprias particularidades. O objetivo do jogo é destruir o máximo de torres possível um dado número de turnos, o dano causado às torres será avaliado para o desempate. Ao derrubar torres, aquele espaço que ela protegia passa a ser neutro e pode receber unidades suas ou do inimigo, então muito cuidado com seus terrenos.

Para um game em acesso antecipado, me surpreendeu, não “crashou” nenhuma vez durante minha gameplay e tudo rodou muito liso. A única coisa que poderia ser melhor trabalhada é a história e, talvez, uma maior variedade de “cartas” de unidades, como em Clash Royale. A história é bem simples, o deus supremo morreu e os deuses restantes entraram em guerra, daí o nome do game.

Tabletop Gods

A trilha sonora do game não é memorável, mas também não atrapalha a gameplay. Os gráficos são simples e minimalistas, talvez para facilitar o multiplayer e tornar o jogo mais acessível.

O game possui a opção de ser jogado em VR, porém, não tivemos a oportunidade de testar esse modo ainda (*cof cof* me dá um óculos *cof cof*), mas a comunidade tem recebido muito bem a ideia, então se você é um entusiasta de games simples de estratégia e VR, cai dentro!

Tabletop Gods é um game de estratégia pra quem não tem muito tempo para jogar, mas quer curtir com os amigos e dar boas risadas da cara deles quando todas as torres caírem. Mostre sua soberania e conquiste o posto de deus supremo dos jogos de tabuleiro.

Gráficos: 8/10

Enredo: 5/10

Gameplay: 8/10

Som: 7/10

Geral: 7/10


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *