PlayStation: PS5 terá retrocompatibilidade, e não sairá neste ano de 2019

A Sony finalmente revelou os detalhes oficiais do seu novo PlayStation, em uma entrevista exclusiva a revista americana Wired. O novo console ainda não tem um nome definido, mas conhecendo o histórico da empresa, provavelmente ira se chamar PlayStation 5.

O arquiteto chefe responsável pelos detalhes do console será Mark Cerny, que esteve presente na construção do PS4 e foi responsável pelo jogo Knack exclusivo do console.

A CPU do novo PlayStation será baseada na linha Ryzen, da AMD. Terá oito núcleos e a arquitetura Zen 2 de 7 nanômetros. A GPU será uma variação da linha Radeon Navi e como grande destaque ao suporte da técnica de ray tracing, capaz de simular o trajeto de raios de luz em ambientes tridimensionais complexos.

Também foi confirmado que será retrocompatível com os jogos da geração atual do PS4. Além do visor de realidade virtual da Sony, o PSVR também será compatível com o videogame. A Sony tem o  serviço que roda jogos na nuvem, o PlayStation Now, Mark Cerny não quis adiantar mais novidades sobre a plataforma, afirmando apenas que a empresa é pioneira na área e a visão da companhia estará mais próxima do lançamento.

O PS5 será equipado com um SSD (solid-state drive) e isso garantirá melhorias em títulos da geração passada. A mudança na tecnologia de armazenamento também vai mudar a forma como os personagens se movem nos games. O carregamento é mais rápido, será possível mover a câmera entre pontos do mapa com mais velocidade.

Comentários