Ryotzz e a equipe da W7M (Foto: Reprodução/Victor Hugo Porto para o Mais Esports)

DreamHack Open Rio: Leon “ryotzz” comenta partida da W7M contra Valiance

A DreamHack Open Rio está acontecendo no Parque Olímpico nesse fim de semana (19, 20 e 21) e nela ocorre um torneio de CS:GO. Ontem (19) aconteceu a primeira rodada, onde a equipe brasileira W7M Gaming enfrentou a europeia Valiance. O jogador brasileiro, Leon “ryotzz”, comentou a partida.

Entrando no jogo, a gente sabia que, internacionalmente, todo mundo ia classificar a gente como os underdogs, os mais fracos. Mas assistindo a Valiance, estudando, a gente sabe que eles são muito bons, principalmente individualmente, mas a gente tava bem confiante que a gente podia ganhar. A gente sabia que o nosso lado CT ia ser mais díficil até do que o TR, e eu não senti a gente nervoso. Foram erros de jogo que acontecem mesmo. A gente tomou alguns forçados que rolou quebra de economia, e isso atrapalha muito numa MD1 (melhor de um), é difícil buscar depois disso. Mas eu acredito que a gente jogou muito bem, dava pra ter sido melhor mas a gente jogou bem“, afirma o Ryotzz.

O pro player da W7M ainda comentou sobre os atrasos nas partidas e o formato MD1 da primeira fase. “MD1 nunca prova qual time realmente é o melhor. Pode acontecer qualquer coisa, é mais randômico, vamos assim dizer“, diz o jogador. “Mas eu não estou reclamando do formato, atraso em campeonato LAN geralmente é comum, infelizmente. Infelizmente teve problemas técnicos até com o computador do realzin (Juninho “realzin”, jogador da W7M) e isso atrasou mais ainda… Mas enfim, tá tudo ok“, conclui.

A W7M Gaming perdeu para a equipe da Valiance por 16-13 no mapa Mirage, e vai enfrentar a equipe brasileira da Redemption POA. A partida está acontecendo agora (12h30 do dia 20), em confronto MD3 (melhor de três) valendo a eliminação. A transmissão em PT-BR você acompanha no canal da Twitch do GauleS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *