Yuri "yuurih", jogador brasileiro da FURIA (Foto: Reprodução/HLTV)

DreamHack Open Rio: “Vamos ver quem é melhor”, diz Yuurih, respondendo a Sharks

A DreamHack Open Rio está acontecendo no Parque Olímpico nesse fim de semana (19, 20 e 21) e nela ocorre um torneio de CS:GO. Hoje (20) a FURIA venceu a série contra a INTZ eSports e se classificou às semis, onde enfrentará a também brasileira Sharks Esports, classificada desde ontem (19). O jogador Yuri “yuurih” dos Panteras cedeu entrevista ao Multiverso+ e começou falando sobre a participação da equipe até aqui.

Acredito que ontem, no primeiro dia, a gente veio num favoritismo de ganhar o campeonato e a gente bateu a cara. Então hoje a gente veio bem mais sólido, bem mais confiante. Acho que jogar com a torcida brasileira é muito bom, ajuda muito. Acho que é essencial para os jogadores a torcida estar com a gente na vitória e na derrota. Se tem isso, fica muito melhor“, afirma o jogador.

A FURIA é a segunda melhor equipe brasileira no ranking da HLTV, atrás somente da MIBR. Questionado se a equipe concorda com essa colocação, Yuurih acenou positivamente. “Pelos pontos do site da HLTV sim, mas acredito que tem muito time que bate com a gente ainda, tipo a Sharks, que é um time que está ali também. Acredito que a gente merece porque a gente vem trabalhando há muito tempo, a gente vem trabalhando muito, então acredito que sim. A gente merece ser o segundo melhor time do Brasil“.

Antes da DreamHack começar o técnico da Sharks, Helder “coachi“, afirmou em entrevista ao portal Mais Esports que “a Shark ainda está na frente da FURIA“. O pronunciamento repercutiu no cenário. Perguntado a respeito, Yuurih não se esquivou. “Acho que ele tava falando do ano passado. Acho que já faz um tempo que a gente não joga juntos, desde a ESL LA League. Então é uma coisa do passado, acho que não tem pra que falar disso. Se é uma ‘parada’ de agora, a gente vai ver amanhã. Amanhã vamos jogar contra eles, vamos ver quem é melhor“, alfineta o jogador, já falando sobre a partida contra os Tubarões.

Antes de finalizar, o pro player também disse sobre o quão importante é a presença do psicológo na preparação da equipe. “Todos os esportes profissionais têm por trás um psicólogo, um fisioterapeuta, todos esses caras que mexem com o mental, então é muito bom. Você chega mais tranquilo para o jogo, dá uma respirada, já chega confiante para a partida. É essencial ter“, conclui.

A revanche entre as equipes FURIA e Sharks está prevista para amanhã (21), às 10h da manhã, em confronto MD3 (melhor de três) valendo a eliminação. A transmissão em PT-BR você acompanha no canal da Twitch do GauleS e também no canal oficial da DreamHack Brasil.

1 thought on “DreamHack Open Rio: “Vamos ver quem é melhor”, diz Yuurih, respondendo a Sharks

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *