My Hero Academia: 2 Heróis – Crítica

E para surpresa de todos, sim! Nós vamos ter uma crítica do primeiro filme de um dos animes shounen que mais tem crescido em popularidade nos últimos 3 anos.

Pô maneiro! Mas porque não to vendo o filme em cartaz?

Bem caro leitor(a), ai vem a parte chata: O filme não vai passar em todos os cinemas. Não apenas isso, mas também em alguns cinemas o filme deve ficar por pouco tempo em cartaz, e em horários específicos de exibição. No cinema que assisti o filme, sei que vai ficar apenas por mais 3 dias, contando de hoje (09/08) até domingo (11/08)!

Mas por quê?

Bem, se for para arriscar uma resposta, eu diria que apesar do anime/mangá ser realmente muito popular, para o mercado brasileiro ele não tem tanto apelo.

Pense bem caro fã da franquia: Você pode realmente dizer com convicção que, com o público do anime no Brasil vale apena investir em uma publicação e exibição nacional de My Hero Academia? Por mais chato que seja, My Hero Academia (ou Boku no Hero pros puristas) não é um anime de apelo nacional forte como o GIGANTE Dragon Ball é ao ponto de conseguir desbancar a maior bilheteria de um filme de anime no país até então, como o filme Broly fez com Pokemon: O Filme.

Poxa, mas então onde posso ver o filme?

Não se preocupe, porque o Multiverso+  vai soltar um post apenas com as cidades e cinemas que irão exibir o filme.

Ok, confio em vocês! Mas então? Qual é do filme?

Sendo muito sincero, o filme é bom! E bom não apenas como um filme que faz parte de uma franquia, mas também como um filme por si só.

É lógico que o filme tem mais apelo emocional para alguém que acompanha a série, mas para vocês (pais) que não acompanham nada, fique sossegado que o filme não te deixa perdido. Nos primeiros 15 – 20 minutos de filme é apresentado um resumo muito bom de tudo que a estória da franquia já passou até então, e devo dizer que um dos melhores pontos é o filme não ficar se estendendo muito em explicações para o público que desconhece a franquia. O que é apresentado é o mínimo essencial para você entender as relações dos personagens.

Quanto a trama, o filme apresenta uma situação bem clichê, mas que se desenvolve muito bem no decorrer do filme. O roteiro não é algo complexo, mas também não descamba para uma loucura total em que nada faz sentido. A evolução dos desafios e dos perigos é bem construída, e inclusive é instigante, deixando o espectador entretido do início ao fim. E ainda temos no filme várias referências divertidas tanto a cultura pop japonesa, quanto à história das HQ’s americanas, tendo alguns momentos específicos da trama que lembram cenas de HQ’s consagradas.

Legal, mas to vendo que tem muitos cinemas só com a versão dublada…

Em relação à dublagem, dessa vez o povo chato que por qualquer coisa reclama de dublagem vai ter que pagar com a língua. As escolhas dos dubladores foi de longe uma adição incrível para o filme! Desde o All Might (Guilherme Briggs) e do Midoriya (Lipe Volpato) à personagem nova Melissa Shield (Jacqueline Sato), todos os personagens ficaram com uma dublagem espetacular. E falo isso como uma pessoa que tem uma enorme dificuldade de ver um personagem primeiro com a voz da dublagem original e depois com uma dublagem diferente.

Lógico, My Hero Academia: 2 Heróis não é um filme como A Nova Onda do Imperador em que a dublagem age como um diferencial gigantesco da versão original ao ponto de melhorar o longa, mas tenha certeza que nesse filme ver dublado é tão bom quanto legendado.

Maneiro! Mas, nem tudo são flores né?

Sim. Nem tudo são flores.

Apesar do roteiro e a trama serem muito boas, os personagens cativantes e a dublagem brasileira uma adição incrível, algumas coisas fazem esse filme tremer nas bases.

Primeiro que avaliando ele como um filme solo, os clichês dos animes de reações muito espalhafatosas acabam prejudicando o continuísmo do filme em momentos muitos específicos, e o meio do filme acaba sendo muito apressado em relação ao início e ao fim.

Mas se for para pontuar o maior defeito, é que em momento específicos a qualidade da animação decaí muito. E isso para um filme que é uma animação é um pecado mortal.

Eita. E como fica a nota?

Apesar de My Hero Academia: 2 Heróis apresentar esses problemas muito graves para se ocorrer em uma animação, todo o resto do conjunto compensa bem. A história é boa e a ação é muito bem feita, com um final sensacional!

Dito isto acho justo deixar o primeiro filme dessa incrível franquia com uma nota de 7,5/10 na escala de qualidade Multiverso+.

E você caro leitor(a)? O que achou do filme de My Hero Academia? Deixe nos comentários sua opinião e siga o Multiverso+ nas redes sociais.

Comentários