CBLOL 2020: Kabum e Keyd mostram evolução; Flamengo continua na ponta

E chegamos ao final de mais uma semana do CBLOL 2020! Enquanto Flamengo continua tendo excelentes desempenhos, outras equipes surpreenderam, tanto positivamente quanto negativamente. Veja abaixo a classificação depois dos jogos de hoje:

 

A primeira partida do dia foi entre Kabum e Flamengo. Antes dos jogos de sábado, os Ninjas vinham de 4 derrotas seguidas e amargavam a lanterna da competição. Depois de uma surpreendente vitória contra a Pain, a Kabum mostrou que quer deixar as atuações ruins para trás. Contudo, o bom desempenho não foi o suficiente para tirar uma vitória contra o líder do CBLOL. O Flamengo mais uma vez mostrou a sinergia entre os jogadores e apesar de sustos, venceram a quinta partida das 6 disputadas até agora. Destaque para o sul-coreano Woofe, que foi escolhido o mvp do jogo e vem tendo boas atuações.

Depois tivemos Furia Uppercut e INTZ. Depois da troca de roster e a chegada de algumas contratações, a Uppercut mostra uma boa evolução em comparação com o último split. Por outro lado, temos a INTZ, que trás jogadores renomados do cenário (e um import chinês), mas parece faltar alguma coisa para que o time consiga ter exibições sólidas. Hoje os Intrépidos entraram em Summoners Rift com duas alterações: Tiancin no lugar do Tay e Mills no lugar de Micão. Apesar de um jogo disputado e da leve vantagem que a INTZ parecia ter, uma luta por volta dos 30 minutos destruiu o sonho da vitória: cinco minutos depois a Furia destruía o Nexus e levava a vitória pra casa.

Furia Uppercut mantém bom desempenho das primeiras semanas

Tivemos também Pain Gaming contra Prodigy. A partida mais surpreendente da semana aconteceu no sábado, onde a Pain perdeu (e feio) para uma Kabum que vinha de 4 derrotas seguidas. Muitos fãs criticaram as escolhas de Soraka no top para o Yang e a atuação da equipe como um todo. Apesar da atuação ruim no jogo anterior, a Pain manteve o controle praticamente desde o início do jogo e com bons desempenhos de SeongHwan e Tinowns, mostrou que precisa sim melhorar, mas que tem jogadores habilidosos para disputar o título.

Por fim, Vivo Keyd e Redemption. Lembra de uma matéria aqui, uma semana atrás, falando que a dupla de coreanos com mais sinergia não era a da Pain, mas, provavelmente, a da Redemption? Bem, alguma coisa aconteceu porque essa sinergia perdeu bastante do seu brilho.

Com bons jogos na primeira semana, a RDP teve uma clara queda de desempenho nas semanas 2 e 3. No jogo de hoje contra a Keyd parecia que a partida estava equilibrada, mas a equipe da Keyd teve um grande foco nos Dragões Elementais no early game. O que praticamente selou o destino do time gaúcho foi a disputa pela Alma do Dragão Infernal. Além de perderem o dragão e a luta, a Keyd soube distribuir os recursos pelo mapa e o jogo terminou depois que Grell garantiu o Dragão Ancião. Vale ressaltar os bons jogos de Robo, que era considerado um dos elos mais fracos da equipe vitoriosa do Flamengo de 2019, e Grell, que vem se mostrando uma contratação importante para a nova Keyd.

Keyd vence Redemption e peças começam a encaixar

Veja também: https://multiversomais.com/2020/02/07/bgs-2020-pre-venda/

 

 

 

 

 

Comentários