Mulher-Maravilha 1984: Descubra nova data e motivo do adiamento

O mais novo filme da Warner Bros. sobre a heroína dos quadrinhos da DC, Mulher-Maravilha 1984, adia sua estreia. De 26 de junho o filme passa para 14 de agosto nos EUA. A decisão foi divulgada nesta terça (24) e teve participação da diretora Patty Jenkins e do produtor Charles Roven.

A Warner Bros. já estava em debate sobre o que fazer com o filme devido a pandemia do coronavírus (COVID-19) há alguns dias. O estúdio considerou a possibilidade de um lançamento direto nas plataformas de streaming, mas Jenkins e seu produtor bateram o pé contra estrear dessa forma e a Warner sentiu o peso da negativa dos dois.

A diretora inclusive publicou a mudança de data em suas redes sociais. Na postagem, ela explicou que a decisão se deu por acreditarem que é importante fazer o reagendamento para os cinemas, pois os donos dos cinemas estão lutando assim como todos nós.

Fizemos Mulher-Maravilha 1984 para as telonas e acredito no poder do cinema. Em tempos terríveis, quando donos de cinemas estão lutando como várias outras pessoas, estamos animados em reagendar o lançamento do nosso filme para 14 de agosto de 2020, no cinema mais próximo de você, e rezamos por tempos melhores para todos até lá“, escreveu Patty Jenkins.

Adiamentos da Warner Bros.

Quando aprovamos Mulher-Maravilha 1984, foi com a intenção de que seja visto na telona. Estamos ansiosos em afirmar que lançaremos o filme nos cinemas em 14 de agosto”, afirmou Toby Emmerich, executivo do estúdio. “Esperamos que o mundo seja um lugar mais seguro e saudável até lá.

A Warner Bros. se mostra otimista com o adiamento não só de Mulher-Maravilha 1984, mas de outros de seus lançamentos, como Scooby! e In The Heights.

E para ficar sempre por dentro de todas as novidades de jogos, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ também nas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Leia também:

Guardiões da Galáxia Vol.03 | James Gunn nega rumores sobre Alpha Groot

Ragnarok: a nova aposta da Netflix

3 filmes sobre epidemia para assistir na quarentena

Comentários