Após cinco anos, a paiN se revela com uma ótima recuperação

Sabemos que paiN Gaming é um time de tradições. A organização leva multidões nas finais presenciais e levanta uma torcida fiel. Mas acima de tudo, chora, sofre e sangra junto com o time. A torcida em si, também é tradicional.

Após uma temporada, no mínimo estranha, entre altos e baixos, a paiN Gaming se mostrou uma verdadeira muralha. Atualmente, não é fácil para ninguém lidar com hates, comentários maldosos e dentre outras situações que todos nós sabemos que a Internet proporciona. Mas a estrutura da paiN aparentemente mostra a importância de investir em bons profissões de base. Dentre eles, a psicóloga Luciana Nunes. Impossível não elogiar o trabalho impecável que a profissional vem fazendo ao longo desta temporada. No canal do CBLoL, inclusive, é possível assistir um vídeo mostrando o empenho de equipe e de Luciana em trazer a paiN de volta aos eixos.

Depois de cinco anos sem levantar a taça do CBLoL, a paiN Gaming finalmente é campeã, levando a melhor do primeiro split de 2021. A equipe representará, portanto, o Brasil no Mid-Season Invitational, em Reykjavik, na Islândia, entre os dias 6 de 22 de maio.

Vale ressaltar que o jogador brTT, por exemplo, além de ter levantado a taça com o time, garantiu o seu hexa, levando a marca do maior campeão da história no CBLOL.

Resumo das partidas: paiN gaming x Vorax

A primeira partida colocou em questão o título, já que a Vorax levou a melhor de lavada. Mas, o segundo jogo, a paiN Gaming venceu aos 34 minutos, com os jogadores brTT e Tinowns nos destaques. Já a terceira partida, seguiu bem acirrada. A paiN abriu uma vantagem grande e marcou a vitória mais uma vez. Provavelmente, na última partida a Vorax já estava abalada com o desempenho da rival. Por isso, dificultou uma reação para a virada de jogo. A equipe tentou se reerguer, mas aos 29 minutos só deu paiN Gaming, garantindo assim a taça.

Respeito lá fora

Respeito é bom e todo mundo gosta né? Na coletiva deste último domingo (18), brTT afirmou que um de seus maiores desejos e objetivos é fazer com que os jogadores brasileiros ganhem respeito em outras regiões.

Eu quero que o Brasil tenha o mínimo de respeito das outras regiões. Acredito que, sobre isso, hoje em dia as pessoas olham para nós como piada em evento internacional, então eu espero, antes de parar, conseguir mudar isso de alguma forma. Acho que por isso eu continuo jogando, tendo forças para jogar”, declarou brTT.

Além de ter conquistado o título aqui no Brasil, a paiN Gaming ganhará uma chance de disputar o  MSI, evento internacional de meio de ano. O time já está inserido no grupo B, competindo com as equipes campeãs da liga europeia, taiwanesa e turca, MAD Lions, PSG Talon e Istanbul Wildcats respectivamente.

paiN Gaming vence a Vorax e é tricampeã do CBLOL —
Foto: Reprodução/paiN Gaming

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Leia também:

VCTBR2: Vikings e Sharks Conseguem se Qualificar

Dota 2: Documentário Free To Play vai para a Netflix

CS:GO: CBCS Elite League será evento RMR

Comentários

Jornalista & Blogueira. Não foge de um bom filme, série ou um jogo da hora. Fã da Marvel e apaixonada por Tomb Raider <3

Ana Schuch

Jornalista & Blogueira. Não foge de um bom filme, série ou um jogo da hora. Fã da Marvel e apaixonada por Tomb Raider <3