A Missy Errada: Pode ser a escolha certa para relaxar

A Netflix lançou recentemente a comédia A Missy Errada, filme leve e divertido com censura 16+. O longa-metragem é da Happy Madison Productions, produtora conhecida por fazer filmes de Adam Sandler, que é seu fundador. Embora não tenha o ator no elenco, o filme traz todas as características de uma produção da personalidade.

O filme conta a história de Tim (David Spade), um vendedor de uma grande corporação, que vai a um encontro as cegas com uma jovem chamada Melissa (Lauren Lapkus), ou Missy como prefere ser chamada, que se prova ser bem louca. A experiência foi bem traumática e Tim resolve se afastar dos encontros por um tempo, até conhece por acaso uma ex-miss também chamada Melissa que aparenta ser sua alma gêmea.

Um amigo do trabalho insiste para Tim chamar a nova Melissa para uma viagem da empresa para o Havaí de modo a impressionar o chefe e os colegas de trabalho com a moça. Plano lindo, se Tim tivesse prestado atenção para quem estava mandando o convite. Assim, o vendedor acaba preso na viagem de retiro da empresa com a Missy errada.

A partir daí a trama é totalmente previsível. Missy obviamente não se encaixa a vida de Tim e lhe causa problemas engraçados, mas a forma como a garota vive e resolve os transtornos que ela mesma causa vão cativando aos poucos Tim. Assim, o que parecia ser a garota errada acaba se mostrando na verdade a certa. Embora os atores principais não tenham química alguma para o aspecto romance. Até o final esse casal mais parece um par de bons amigos do que possíveis amantes.

A Missy Errada tem a participação especial de Rob Schneider, figurinha carimbada nos filmes da Happy Madison. O comediante mais uma vez interpreta um personagem esquisito, meio nojento, mas engraçado. Neste filme, seu personagem é quase uma reprise do melhor amigo de Sandler em Como Se Fosse a Primeira Vez.

O filme é um besteirol com pitadas de comédia romântica. Há algumas piadas forçadas, marca registrada de produções de Sandler, mas a narrativa é bem amarrada e se desenvolve bem. O filme não é uma obra-prima, mas definitivamente consegue arrancar boas risadas de situações bizarras.

Se você está de bobeira buscando algo leve para distrair a mente e se divertir, certamente vale a pena assistir.

Reprodução – A Missy Errada

A Missy Errada

Ano: 2020
País: EUA
Duração: 1h 30m
Direção: Tyler Spindel

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Leia também:

Séries, filmes e realitys chegam no catálogo Netflix no mês de junho

Snyder Cut de Liga da Justiça realmente existe e já tem data de estreia

18 Presentes em um único filme

Comentários

Clarissa Montalvão

Formada em Comunicação Social pela UFRJ. Pode me chamar de Cla ou Clari. Estou sempre de olho no mundo dos esports para trazer o melhor conteúdo para vocês. E adoro maratonar séries e filmes nas horas vagas! Então podem esperar algumas críticas de produtos audiovisuais bem mainstream por aqui também.