Convenção das Bruxas ganha trailer com Anne Hathaway

A Warner Bros. divulgou nesta sexta-feira (02) novidades sobre o remake de Convenção das Bruxas que está produzindo com Anne Hathaway como a líder das bruxas, Robert Zemeckis na direção e Alfonso Cuarón e Guillermo del Toro como produtores. O estúdio revelou o cartaz e o trailer da nova versão, confira.

Assim como o original, o remake é baseado no romance “As Bruxas”, de Roald Dahl, e vai acompanhar a história de um menino que vai morar com sua avó (Octavia Spencer) em uma cidadezinha em 1967. Ele acaba se deparando com uma estranha convenção e descobre se tratar de uma reunião de bruxas que querem transformar todas as crianças em ratos.

Convenção das Bruxas
Imagem de Divulgação

O elenco também conta com Stanley Tucci e Kristin Chenoweth, além da voz de Chris Rock como narrador.

Convenção das Bruxas será lançado nos Estados Unidos no dia 22 de outubro, através do HBO Max. Já no Brasil, o filme será lançado nos cinemas, porém ainda não há uma data definitiva devido à reabertura gradual das salas de exibição.

Conheça o primeiro filme

Convenção das Bruxas (The Witches, no original) é um filme de 1990, dirigido por Nicolas Roeg. Seus efeitos especiais eram impressionantemente realistas para a época, usando muito de truque de maquiagem. O filme arrecadou US$ 15,3 milhões na bilheteria mundial e foi bem recebido pela crítica, sendo indicado para diversos prêmios.

E para ficar por dentro de todas as novidades da cultura pop de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Leia também:

Crítica: O Diabo De Cada Dia, novo suspense da Netflix

Zendaya: 4 produções que a vencedora do Emmy participou

Enola Holmes: Crítica da nova produção original da Netflix

Comentários

Clarissa Montalvão

Formada em Comunicação Social pela UFRJ. Pode me chamar de Cla ou Clari. Estou sempre de olho no mundo dos esports para trazer o melhor conteúdo para vocês. E adoro maratonar séries e filmes nas horas vagas! Então podem esperar algumas críticas de produtos audiovisuais bem mainstream por aqui também.