Dia da Consciência Negra: Festival de cinema apresenta filme e debate virtual

Festival Varilux de Cinema Francês está promovendo no dia 20 de novembro uma sessão online seguida por debate do filme Sou Francês e Preto, de Jean-Pascal Zadi e John Wax, em homenagem ao Dia da Consciência Negra. O longa-metragem poderá ser assistido pelos 300 primeiros que se inscreverem para a atividade.

A decisão de exibir o filme será às 18h e o bate-papo às 19h30de modo remoto se deu pela pandemia de COVID-19 e vai acontecer de forma de forma gratuita e simultânea no Facebook e no YouTube do Festival Varilux. O debate será mediado pelo cineasta e crítico de cinema Clementino Jr., e terá a participação do cineasta Joel Zito Araújo; da pesquisadora e coordenadora do Fórum Itinerante de Cinema Negro, Janaína Oliveira; e do ator, diretor e roteirista Alberto Pereira Jr.

Como se inscrever

Para participar é preciso se inscrever na atividade e há duas formas:

Vale lembrar que as vagas são limitadas. Os participantes vão receber por e-mail, no dia da exibição, um link com a senha para acessar as atividades.

Sinopse

Em Sou Francês e Preto, JP é um ator mal-sucedido de 40 anos e decide organizar o primeiro grande protesto pela causa negra na França. Porém, seus encontros burlescos com personalidades influentes da comunidade e o apoio entusiasta de Fary o fazem refletir sobre seu desejo de estar à frente dos palcos e seu engajamento enquanto militante.

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Leia também:

Incompatível: Comédia romântica brasileira lança trailer

Emily em Paris: Crítica primeira temporada (Com spoiler)

Mais que Especiais: Conversamos com o diretor sobre o filme

Donas da Bola: Coletiva de imprensa com Mohamed Hamidi

Comentários

Clarissa Montalvão

Formada em Comunicação Social pela UFRJ.Pode me chamar de Cla ou Clari.Estou sempre de olho no mundo dos esports para trazer o melhor conteúdo para vocês.E adoro maratonar séries e filmes nas horas vagas! Então podem esperar algumas críticas de produtos audiovisuais bem mainstream por aqui também.