CS:GO: Recém-chegada na Team oNe RED, bokor exala confiança e enaltece suas companheiras de equipe

Para abrir 2019 com tudo, a Team oNe anunciou na última semana suas duas novas peças para compôr o time feminino de Counter-Strike: Global Offensive da organização, o Team oNe RED. Julia “junqs” Junqs e Gabriela “bokor” Bokor foram apresentadas como as novas Golden Girls e vão atuar ao lado de Diana “Mittens” Trevisan, Julia “Julih” Gomes e Mayara “may” Prado nos próximos compromissos da equipe ao longo de 2019.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=kA6UhOwHF1s&w=560&h=315]

Uma das maiores surpresas dessa equipe é Gabriela “bokor”, de apenas 14 anos. Embora seja jovem, bokor impressiona pela sua habilidade dentro de jogo e é vista como uma das principais promessas do cenário feminino no Brasil. Em entrevista ao Multiverso+, bokor nos contou que começou a jogar Counter-Strike quando tinha apenas 12 anos: “Eu conheci o jogo através de um amigo meu e desde então abandonei todos os jogos para me dedicar ao CS.

Ela revelou que no começo, os seus pais esperavam que aquilo fosse apenas um hobbie, que passaria logo. “Mas quando eu mostrei a eles que era algo realmente sério, não hesitaram em me apoiar“, contou a jogadora. 

Com apenas 14 anos, Gabriela se limita a jogar algumas competições que exigem uma idade próxima aos 18 anos. Durante a entrevista, ela citou que durante a sua carreira foi impedida de jogar alguns qualificatórios internacionais, como por exemplo, o que daria vaga para a IEM Katowice. Contudo, ela segue mantendo o foco e ainda sonha em representar bem o país lá fora. 

“Minhas expectativas para a próxima temporada é garantir a classificação não só para campeonatos presenciais aqui no Brasil, mas também lá fora“, revelou.

Suas expectativas refletem à equipe na qual ela está hoje. Durante a conversa, bokor nos disse que a sua adaptação com as Golden Girls está sendo incrível. Ela exalta o fato de que todas as suas colegas de equipe são muito experientes e não tem dúvidas de que em 2019 a T1 RED vem com tudo para ser um dos, se não o melhor, time de CS:GO feminino. 

Quando questionada sobre qual seria o seu time dos sonhos, ela volta a enaltecer sua atual formação: “O time dos sonhos é o meu atualmente. Não me vejo em outra equipe, as meninas são maravilhosas e nós somos muito boas juntas.

Comentários