Skip to content

IGNIS CUP: Goddess Cup 1 sagra a pAIN campeã

A Riot Games Brasil, em parceria com a Gamers Club, realizou durante a última semana a primeira qualificatória para a Ignis Cup, copa feminina e não-binária de League of Legends. A Goddess Cup foi a competição escolhida para a inaugural somatória de pontos e teve sua final realizada hoje (16), com a pAIN Gaming e a Time Líquido Kai na disputa, sagrando as Tradicionais como campeãs.

Os campeonatos femininos é um evento que há tempos vem sendo fomentada na comunidade do League of Legends, entendendo a necessidade de incluir mulheres e pessoas não-binárias no cenário competitivo. Basta darmos uma analisada rápida nas lineups que disputaram o CBLoL e CBLoL Academy, que conseguimos identificar uma maior participação de homens, tendo apenas duas mulheres disputando o Academy no ano de 2022 e nenhuma disputando a principal competição de LoL do país, o CBLoL.

Entendendo essa ausência, casters, streamers e o público no geral cobravam uma ação que servisse de vitrine para esse grupo minoritário no cenário profissional e ao final do segundo Split do CBLoL, a Riot Games Brasil anunciou a primeira edição da Ignis Cup. Para além de impulsionar pró players, a copa também tem o intuito de formar casters femininas, oportunizando suas aparições nas watchpartys dos jogos de todo o campeonato, com o apoio do ReveLah Casters.

A Goddess Cup ainda terá uma segunda etapa, com início previsto para o dia 20 de Outubro. Em ambas as qualificatórias as equipes inscritas somam pontos com o intuito de chegar aos playoffs, que serão transmitidos pelos canais oficiais do CBLoL e com final presencial nos estúdios Riot Games, prevista para o dia 12 de Novembro. Entenda o esquema de pontuação:

 

Nessa primeira etapa 22 equipes disputaram as primeiras pontuações. Com jogos agitados, pAIN Gaming, Time Líquido Kai, Rise Gaming e Netshoes Miners fizeram as semifinais no dia de ontem, saindo vitoriosas as equipes da pAIN e TL Kai, que fizeram a MD5 decisiva neste Domingo, com transmissão no canal da Gamers Club na Twitch. Deste modo, a pAIN Gaming conseguiu emplacar um 3×0 e levar o campeonato, somando pontos importantes ao sonho dos playoffs da Ignis Cup.

Somando as watchpartys e transmissões oficiais, a competição ultrapassou 10 mil visualizações durante a copa, mostrando a força do cenário feminino para a comunidade.

 

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

 

Leia mais:

https://multiversomais.com/diversos/lol-veja-as-mudancas-do-novo-patch-12-19

https://multiversomais.com/esports/proximo-six-major-acontecera-em-jonkoping

 

 

Comentários
+ posts

Jornalista formada pela UFPE (2018), trilhou seus caminhos nos esportes e cultura em diversos meios de comunicação. Mais recente entrou na área de eSports e atua como caster de League of Legends.

Jornalista formada pela UFPE (2018), trilhou seus caminhos nos esportes e cultura em diversos meios de comunicação. Mais recente entrou na área de eSports e atua como caster de League of Legends.

Back To Top