LoL: Rift Rivals que ocorrerá no Brasil tem suas datas e local confirmados

A segunda edição do Rift Rivals tem suas datas definidas e local confirmado. Anteriormente, a Riot games já havia firmado que o evento aconteceria no Brasil este ano.

A competição será realizada nos já conhecidos Estúdios da Riot Games Brasil, entre os dias 4 e 8 de julho. O embate se dará entre as regiões LLN, CLS e CBLoL, do mesmo modo que na edição anterior, onde os times que representavam o Brasil (CBLoL), Red Canids e Keyd Stars, se sagraram campeões.

Os campeões e vice-campeões do primeiro split de cada região são os que disputarão o Rift Rivals, as equipes que irão participar da competição deste ano são as seguintes:

  • Brasil (CBLOL):

– KaBuM! e-Sports
– Vivo Keyd

  • América Latina Norte (LLN)

– Rainbow 7 (ex- Lyon Gaming)
– Infinity eSports

  • América Latina Sul (CLS)

– Kaos Latin Gamers
– Rebirth eSports

foto riot
(Imagem: Riot Games)
  • Formato do torneio:

O formato disputado na edição passada foi mantido, ambas as equipes de cada região irão disputar partidas MD1 (Melhor de um) entre todos (apenas região contra região).

Após as regiões que ficarem em 2° e 3° lugar disputarão uma semifinal no formato de MD5 (Melhor de cinco). Do mesmo modo, a final também será no formato de MD5, lembrando que durante a série, as regiões obrigatoriamente devem alterar entre as equipes, devendo em caso de quinto jogo, decidir entre si qual delas irá para a partida decisiva.

formato rift rivals
(Imagem: Riot Games)
  • O Rift Rivals no restante do mundo:

A competição não é exclusividade da nossa região, simultaneamente com o torneio que acontecerá no Brasil, outros 4 serão realizados ao redor do mundo, onde teremos os seguintes confrontos:

  1. América do Norte (LCS NA) vs Europa (LCS EU)
  2. China (LPL) vs Coreia (LCK) vs Taiwan/Macau/Hong Kong (LMS)
  3. Turquia (TCL) vsVietnã (VCS) vs Comunidade dos Estados Independentes (LCL)
  4. Sudeste Asiático (SEA) vs Oceania (OPL) vs Japão (JPL)

O Multiverso+ fará a cobertura completa do Rift Rivals 2018.

Comentários