Skip to content
BLAST R6 MAJOR COPENHAGEN. Palco. Foto: Divulgação/@ItsmeERROR

BLAST R6 Copenhagen Major Brasil é protagonista na semifinal

Os playoffs do BLAST R6 Copenhagen Major, torneio internacional de Rainbow Six Siege começaram nesta sexta-feira (5), com as quatro equipes do Brasil vivas na briga pelo título, como protagonistas.

Ao final das duas fases iniciais da competição, FaZe Clan, Ninjas in Pyjamas, Team Liquid e W7M Esports asseguraram vagas na semifinal e mantêm vivo o sonho brasileiro do primeiro título nesta temporada. Além da taça, as equipes lutam por uma premiação total de US$ 750 mil – aproximadamente R$ 4 milhões na cotação atual.

A boa performance no torneio reafirma a tradição do país – que também se acostumou a exportar talentos – no cenário competitivo do R6: dos 48 membros das equipes presentes nesta etapa, entre players e coaches, 26 são brasileiros, o que corresponde a mais da metade dos participantes (54,2%).

Entre as oito finalistas, apenas duas não contam com algum integrante brasileiro: SCARZ e Soniqs. O Brasil, inclusive, é a única região que conta com todos os classificados na fase final do campeonato.

FaZe Clan e W7M, que estão com 100% de aproveitamento na competição, garantiram vagas nas quartas de final após três vitórias consecutivas na segunda fase, disputada em formato suíço.

NiP e Liquid, apesar de tropeços durante a segunda fase, se recuperaram e venceram os duelos decisivos para avançarem na competição. Vale lembrar que Ninjas in Pyjamas e W7M começaram na Fase 1, enquanto FaZe e Team Liquid estrearam na Fase 2. Ao todo, as equipes brasileiras perderam apenas quatro mapas na competição.

Além dos quatro representantes do país, mais dois times da atual fase do BLAST R6 Major possuem brasileiros em seus elencos. A atual campeã do Six Invitational 2023, G2 Esports, conta com Karl “Alem4o”. Já a MNM Gaming tem Júlio “JULIO” – campeão do Invitational de 2021 com a Ninjas in Pyjamas – como coach.

A partir de agora, todas as partidas serão disputadas em formato de MD3 com eliminação única (sem repescagem). A Grande Final será disputada em uma MD5, sem vantagem de mapa para nenhuma das equipes.

Entre os dias 5 e 7 de maio, os confrontos da fase final do BLAST R6 Copenhagen Major ocorrem no Fórum Copenhagen, na capital dinamarquesa, com a presença de público no local. O evento contará com várias atividades para os fãs, como lojas, área de lazer, meet & greets com equipes profissionais, entre outras atrações.

A primeira partida das quartas de final começou às 7h30 (horário de Brasília), e o BLAST R6 Copenhagen Major teve transmissão ao vivo em português nos canais oficiais do Rainbow Six Esports Brasil na Twitch e no YouTube.

Quartas de final:

Agenda dia 01. Imagem: @R6esportsBR Divulgação:
Agenda dia 01. Imagem: Divulgação:@R6esportsBR

FaZe Clan x SCARZ5

Jogador da FaZe no Major Copenhagen. Foto: Divulgação
Jogador da FaZe no Major Copenhagen. Foto: Divulgação

Banco, Arranha-céu e Chalé foram os mapas escolhidos para ser palco dessa batalha. Os rounds foram equilibrados entre as duas equipes, a equipe da APAC pode mais uma vez demonstrar sua habilidade com a disciplina, e a FaZe fez o mesmo demostrando boas trocações e refrags cobrados rápidos.

Em Banco, escolha da SCARZ5, a equipe brasileira fez um domínio rápido e eficiente no ataque, conseguindo emplacar três rounds consecutivos, a virada de lados também estava a favor dos brasileiros com 5×1 no placar e venceu a rodada por 7×3.

Em Arranha-Céu a FaZe começou bem, aplicou três rounds consecutivos em cima da adversária, mas a SCARZ5 cobrou e conseguiu quatro rounds consecutivos na sequência, a virada de lados foi favorável para equipe da APAC, que empatou o jogo e levou o mapa em 7×4.

No mapa decisivo, em Chalé, a disputa foi acirrada com rounds ganhados no detalhe, a SCARZ5 mostrou habilidade com a mira cruzada, mas não foi o suficiente para emplacar os brasileiros que ganharam o mapa por 7×3, sendo a primeira equipe brasileira a se classificar para semifinal do Major.

W7M x MNM

Igoor CTG coach da W7M. Foto: Divulgação
Igoor CTG coach da W7M. Foto: Divulgação

O segundo jogo do dia foi dos Touros contra a MNM, equipe da região europeia nos mapas Café Dostoievski, Fronteira e Mansão.

Em Café, a equipe brasileira tinha quatro mapas vencidos, dois perdidos e sentiu bastante dificuldade de counterar o adversário. As rodadas foram bem acirradas entre as equipes, com trocas de empates de forma consecutiva. Ainda que com dificuldade, os Bulls levaram o mapa por 8×6 no overtime.

No segundo mapa, escolha da MNM, os Touros não conseguiram encaixar bem as jogadas, com os players “Herdz” e “Kheyze” apagados durante os rounds, a equipe da APAC trabalhou em cima das brechas da W7M e levou o mapa por 7×3 com facilidade sobre os brasileiros.

No mapa decisivo, os Bulls jogaram fácil em Mansão e sem muita dificuldade a W7M conseguiu resetar dos primeiros mapas que foram difíceis e aplicaram 7×2 sobre os adversários, juntando-se com a FaZe Clan e se tornando a segunda equipe a se classificar para a semifinal do campeonato.

Team Liquid x G2

Jogador da G2 e da Liquid apertando as mãos. Major Copenhagen. Foto: Reprodução
Jogador da G2 e da Liquid apertando as mãos. Major Copenhagen. Foto: Reprodução.

A G2, vencedora do último mundial de Six Invitational, por tanto, favorita para esta partida jogou contra a brasileira Team Liquid, os mapas escolhidos para a disputa foram Oregon, Arranha-Céu e Parque Temático com disputadas acirradas e bem esperada entre os jogadores e torcedores, com diversas trashs no Twitter. 

https://twitter.com/R6BRatualizado/status/1654570547244613632/photo/1

As partidas nos dois primeiros mapas foram bem disputadas com empates frequentes. A Team Liquid venceu a maioria das trocações, atrasando as jogadas e na troca de lados a pontuação estava empatada em 3×3 e Oregon foi da Cavalaria por 7×3. No segundo mapa, no entanto, foi a vez da G2 mostrar jogo vencendo o mapa com o mesmo resultado, só que a favor deles, 7×3. O que carregou o jogo para o mapa decisivo.

Em Parque Temático, a Cavalaria apostou numa boa rotação, entendeu bem as jogadas dos adversários, ganhou a maioria das trocações e se tornou a terceira equipe brasileira a conquistar a vaga da semifinal, ganhando o mapa por 7×2.

Ninjas in Pyjamas x Soniqs

Imagem

No último jogo do dia, a NiP enfrentou a Soniqs, equipe Norte Americana, disputando a última vaga para a próxima fase do campeonato. Os mapas escolhidos foram Chalé, Banco e Clube.

Em Chalé, a partida foi bem acirrada com jogos de empates acontecendo rodada a rodada, decidindo o round a partir do detalhe, seja na trocação ou sobre cada falha da outra equipe. A NiP não conseguiu encaixar bem o ataque, sendo punida na rotação. O jogo foi levado para o overtime após o empate de 6×6, e a equipe norte americana levou a melhor sobre os brasileiros, 8×6.

No segundo mapa, os brasileiros continuaram com dificuldade no ataque, e os adversários aproveitaram da situação para emplacar três rodadas seguidas sobre a Ninjas in Pyjamas, a equipe conseguiu encostar no resultado dos norte americanos, mas não foi o suficiente, e a Soniqs ficou com a última vaga do Major de Copenhagen.

Agenda da Semifinal:

Imagem

Neste sábado(06) às 08h30 (horário de Brasília) está prevista a partida da W7M contra a Soniqs, e na sequência às 11h45 (horário de Brasília) o clássico da FaZe Clan contra a Team Liquid.

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

BLAST R6 Copenhagen Major: Destaques do primeiro dia na segunda fase

Little Nightmares tem 12 milhões de unidades vendidas.

BLAST R6 Copenhagen Major: NiP vence em partida eliminatória

Comentários
+ posts

Jornalista - redatora do segmento de Games & eSports.

Jornalista - redatora do segmento de Games & eSports.

Back To Top