CBLoL: Redemption é rebaixada; Kabum ainda sonha com vaga nos Play-offs

E chegamos ao fim de mais uma Supersemana do CBLoL! E finalmente entramos nas retas finais da competição, onde já temos garantidos o primeiro rebaixado (Redemption) e os times começam a ligar o alerta vermelho para garantir um espaço nos Play-offs. Dá uma olhada em como ficou a tabela com o fim dos jogos nesse domingo:

 

KBM X PRG

Começamos o dia com Kabum e Prodigy. De um lado uma Kabum que parece ter acordado nas últimas semanas da competição e ainda sonha com uma vaga no Play-off. Do outro lado uma Prodigy que mostra que tem forças para disputar os primeiros lugares mas diversos erros atrapalham o andar da carruagem. E ainda tivemos um terceiro lado para esse jogo: se os Ninjas vencessem, a Redemption já seria rebaixada.

A Kabum tinha grandes problemas nos desempenhos de seus coreanos e do novato Tutz na mid-lane, mas parece que os jogadores finalmente acordaram na reta final do CBLoL. A partida foi marcada por uma grande agressividade por parte dos Ninjas. Duds e Wiz, com suas Kalista e Kindred, respectivamente, passearam em cima da Prodigy no early e mid game.  Mesmo que Aloned tenha começado a mostrar excelentes desempenhos com sua Le Blanc, que muitos dizem ser seu main, não foi o suficiente para balancear o jogo: Parang e Tutz estavam com muito dano e decidiram as últimas fights. A Kabum começa a sair da respiração por aparelhos e pode começar a sonhar mais alto.

FLA X FUR

Enquanto para alguns times esse período de quarentena e CBLoL remoto foi benéfico na questão da melhora no gameplay, para outros ficou claro que não ajudou tanto. Esse é o caso do Flamengo, que antes da pandemia vinha tendo apresentações muito boas no stage mas está deixando a desejar nas últimas partidas. Além da questão do afastamento do Luci e a entrada do JoJo, parece que algo não está encaixando mais na equipe como antigamente.

Quem não quer saber disso é a FVRIA, que aproveitou a situação e teve um early game esmagador. Com algumas boas fights o FLA conseguiu diminuir um pouco da pressão do adversário e igualou a partida por um tempo. Na realidade foi um jogo difícil de entender quem realmente estava na frente: enquanto a FVRIA era mais agressiva e lentamente ganhava pressão no mapa, garantindo até a vantagem nos Dragões e até um Barão, o Flamengo repetidamente ganhava a maioria das lutas. De um lado o Fla garantia a Alma do Dragão da Montanha enquanto a FVRIA cobrava com o Barão e a pressão na toplane. Mas vocês já viram um Ornn com 4 dragões da Montanha de Manopla? O Alternative praticamente curava o Ornn e Olaf inimigos e eventualmente os rubro-negros começaram a impôr mais pressão no mapa, puxaram tudo e finalmente garantiram sua primeira vitória na Super Semana.

FVRIA continua surpreendendo, derrota o FLA e sonho de vaga nos Play-offs fica próximo
INTZ X KEYD

Entrando na penúltima partida do dia tivemos INTZ contra Keyd. Os Intrépidos foram um dos times que demonstraram uma melhora no desempenho com o CBLoL remoto, principalmente com seu top laner chinês, Tianci. Enquanto a Keyd continuava a ganhar jogos e se afastar na tabela.

Mais uma vez o early game da Keyd foi impecável, garantindo dragões logo cedo e colocando pressão no mapa. O grande problema foi deixar a INTZ tomar conta do mapa com Dragões Infernais nascendo e o scale de uma Cassiopeia e Ezreal, que ainda contavam com uma “ajudinha” de uma Yuumi (Riot pelo amor de Deus nerfa essa gata). Mas vamos ser sinceros, o grande nome desse jogo foi, novamente, Tianci, com seu Darius. A Keyd deixou que Robo tentasse parar a ofensiva de Tianci na bot lane, mas sem sucesso. No resto do mapa a Keyd tentava garantir abates mas a INTZ fazia um bom trabalho em não perder muitos recursos enquanto o jogador chinês levava tudo. A Keyd perdia skirmishs (pequenas lutas sem ser 5×5) fundamentais,  até que por volta dos 37 minutos a INTZ se juntou, puxou a base com todos seus jogadores e gg.

RDP X PAIN

Finalmente, chegamos no último confronto, Redemption contra Pain Gaming. Olha, vou ser sincero com vocês caros leitores: eu não faço a menor ideia do que acontece na Pain. Na última Super Semana a equipe chegou destruindo tudo e todos e mostrando que os seus jogadores coreanos, tão criticados, realmente são excelentes players e capazes de encaixarem na equipe. Mas o que aconteceu nesses últimos 3 jogos? 3 partidas, 3 derrotas e digo mais, uma derrota contra (e sem querer tirar os méritos da RDP) um time que tinha ganho somente 4 partidas das 17 disputadas na competição.

A RDP decidiu apostar na dupla Gragas e Yasuo para vencer o adversário e realmente conseguiram efetivar a ideia inicial dos drafts. A Pain até conseguiu ter uma pequena vantagem no early game e a partida de certo modo parecia empatada por um bom tempo. Mas três coisas (além da aparente desorganização da Pain nas lutas) garantiram a vitória para o time gaúcho: o primeiro ponto já foi dito, a dupla dinâmica entre Krastyel e Sephis. O segundo foi, juntamente com os dois, as ótimas iniciações de Boca Jr. com seu Rakan e, por último, a intermitente pressão de Glowcore com seu Renekton tanto empurrando a bot lane quanto buscando abates.

Enquanto a RDP já está rebaixada, o sonho da Pain da vaga nos Playoffs é palpável mas não com atuações como essa. É preciso mudarem e se prepararem para a próxima semana ou verão a vaga escapar pelos dedos.

Krastyel foi um dos destaques na vitória contra a Pain

Para ficar sempre por dentro de todas as novidades do CBLoL, outros campeonatos, jogos, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ também nas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Leia também:

FORTNITE: Série ícones tem primeiro brasileiro

CBLoL 2020: Absolut fala sobre terceira derrota seguida do Flamengo

KaBuM! Challenge passa 3 mil inscrições em 48h

Comentários