CS:GO: Dead da MIBR é banido por seis meses da ESL por uso de bug

O coach e manager da MIBR, Ricardo “dead” Sinigaglia, é banido por 6 meses das competições da ESL por exploração de bug nos mapas. O anuncio veio por meio de uma artigo no site da ESL, revelada nesta segunda-feira (31). Além de Dead, os coachs Nicolai “HUNDEN” Petersen, da Heroic. E Aleksandr “MechanoGun” Bogatiryev, da Hard Legion, estão banidos da organização.

O bug em questão, permite que o coach veja qualquer ponto do mapa, fazendo com que descubra as decisões do adversário ainda na zona de spawn. Para isto acontecer, o coach deve fazer uma combinação de etapas e permanecer em uma posição especifica.

Um dos árbitros da ESL, Michal Slowinski, exemplificou no twitter como é feito o bug: “Para aqueles que estão se perguntando como funciona esse bug de coaching, aqui está um pequeno clip feito por mim sendo capturado na Bomb A da Mirage. Você pode escolher qualquer local no mapa que desejar. E, sim, você pode girar o ângulo da câmera o quanto quiser“.

Segundo a investigação, Dead usou o bug em uma rodada de um mapa na ESL One: Road to Rio. Já HUNDEN foi pego na DH Masters Spring, em dez rodadas de um mapa. Por fim, MechanoGun na ESL One: Road to Rio, em seis mapas em três partidas.

Como resultado, Dead está banido por 6 meses. HUNDEN por um ano, e MechanoGun por 2 anos das competições da ESL. Além disso, as equipes serão desclassificadas dos torneios em questão. Consequentemente, perdendo suas premiações e os pontos da ESL Pro Tour. Portanto, pontos necessários para a ESL One: Rio 2020.

Resposta da MIBR

Em seu perfil no Twitter, Dead comentou da decisão, e diz que foi uma “acusação injusta”. Como prova, Dead publicou um vídeo para explicar o caso:

Vale ressaltar que o clipe mostrado no tweet, foi uma partida contra a Triumph na CS_Summit 6. O coach da MIBR mostrou apenas como exemplo, com o intuito de provar o que aconteceu na Road to Rio.

Em nota, a MIBR diz que Dead está suspenso, e fará uma investigação do caso: “Na última hora, fomos informados de denúncias contra nosso team manager, Ricardo Sinigaglia, violando a integridade competitiva na Esl One: Road to Rio. Levamos qualquer alegação de impropriedade competitiva muito a sério e o Ricardo está suspenso enquanto investigamos os fatos. Forneceremos mais comentários de acordo com o resultado da nossa investigação”.

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Leia também:

Free Fire: Flamengo é o destaque do fim de semana da LBFF

Flamengo anuncia sua nova equipe no PES e reforça projeto nos Esportes

Comentários