CS:GO: Valve intima desvinculo de Taco, Cold, Zews e Dead com a Yeah Gaming

A empresa Valve, desenvolvedora do Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) e organizadora dos Majors. Intimou o fim do vínculo societário da Yeah Gaming com o Epitácio “TACO” de Melo (MIBR), Ricardo “dead” Sinigaglia (MIBR), Marcelo “coldzera” David (FaZe Clan) e Wintol “zews” Prado (Evil Geniuses). A informação foi através de um email obtido pelo portal HLTV. A Valve estimou o prazo até o próximo Major, que acontece em novembro. Portanto, caso o requisito não se cumpra, os jogadores não poderão jogar o mundial.

No email, o motivo da intimação é a possível “ameaça à integridade dos Majors”, após a revisão das declarações de interesse entregues pelas equipes no começo da ESL One: Road to Rio. Onde também foi a estreia do sistema da Regional Major Ranking (RMR). Em suma, apesar dos vínculos, os envolvidos no caso não tomam as decisões na Yeah, tendo somente um acordo financeiro com a Immortals Gaming Club (IGC), onde também é dona da MIBR. Além disso, segundo o acordo, a IGC pode comprar dois jogadores da Yeah em um ano com um preço definido.

A Valve também identificou conflitos de interesse ao líder sênior da IGC, Tomi “lurppis” Kovanen, onde ele também é um acionista minoritário da equipe ENCE. Além disso, outro conflito foi a do jogador Christopher “GeT_RiGhT” Alesund, da Dignitas, onde ele possui vínculo societário com a Ninjas in Pyjamas. Por fim, segundo a HLTV, a Valve será mais rígida com as questões de conflitos de propriedades a partir de 2021.

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Leia também:

CBLoL 2020: Jogos disputados e Santos na frente

CS:GO: MIBR e FURIA se classificam para as finais da BLAST Premier Spring

Comentários

Sempre atento no mundo do cinema, games e esports. Atualmente escrevo sobre CS:GO e Valorant. Jornalista formado pela Universidade Anhembi Morumbi.

Caio Rozendo

Sempre atento no mundo do cinema, games e esports. Atualmente escrevo sobre CS:GO e Valorant. Jornalista formado pela Universidade Anhembi Morumbi.