De olho no MSI 2018 #11: Royal Never Give Up (LPL) | Multiverso+

De olho no MSI 2018 #11: Royal Never Give Up (LPL)

A Royal Never Give Up foi a última equipe a garantir sua vaga para o MSI 2018 ao vencer a Edward Gaming na final. A RNG é uma das equipes mais reconhecidas da LPL, tendo vencido diversos campeonatos nacionais e ainda conseguiram a façanha do terceiro lugar no Mundial de 2017. O time que conta com sua estrela principal, Uzi, e que já fez uma das melhores botlanes da história do cenário competitivo com Mata, tem uma história um tanto quanto confusa. (Ah, o insec também jogou aqui, diga-se de passagem)
A RNG é um dos times da organização, que também conta com a Royal Club (time criado em 2012), que mudou seu nome para Star Horn Royal Club em 2014 e retornou com seu nome original em 2016. Agora vem a parte interessante.
No final da quinta temporada (2015), a Royal Club fez um temporada horrível e acabou tendo que jogar com a Gamtee na Relegation. Quem vencesse, seria o dono da última vaga da LPL naquele split. A Gamtee venceu e consequentemente, subiu. SÓ QUE NINGUÉM ESPERAVA O QUE ACONTECERIA. Outro time da LPL, a Vici Potential Gaming decidiu vender a sua vaga para a ainda Star Horn Royal Club, comprou a vaga da novata Gamtee (SIM, WTF) e mudou seu nome para Unlimited Potential.
Um novo time da organização da Royal foi criada, a RNG, para jogar a LPL, enquanto a Royal Club jogaria na segunda divisão da China, a LSPL. Como a RNG nunca caiu desde então, a Royal Club continua participando na segunda divisão. E sobre a Gamtee? O time foi desfeito e todos os jogadores foram transferidos para outros times.
Db3jbmLX0AA8Bjc.jpg
Zz1tai (Top) – Mesmo tendo só 20 anos, Zz1tai começou muito cedo no League of Legends. Jogando competitivamente no mid (depois indo para o top) e com sua primeira grande aparição na Invictus Gaming, ele foi bem fiel a esse time, tendo jogado de 2012 até 2016. Depois de uma passagem pelo mid novamente na Snake Esports, Zz1tai chegou na RNG para o primeiro split. Tendo jogado no mid por tanto tempo, a Pool de campeões de Zz1tai e extremamente ampla, já sendo uma grande arma para sua equipe logo nos picks e bans.
(Mains: Swain, Ornn e Vladimir)
Karsa (Jungle) – Karsa é o único jogador no elenco que não é chinês, tendo nascido em Taiwan. Vindo de dois anos consecutivos da Flash Wolves, com certeza chamou a atenção da RNG. Mesmo tendo começado sua carreira competitiva em um time grande somente em 2015, Karsa já possui vários títulos da LMS e dois IEM’s no bolso (IEM 9 Taipei e IEM 11 – World Championship).
(Mains: Sejuani, Skarner e Olaf)
Xiaohu (Mid) – Xiahou foi um dos jogadores que jogava pela Gamtee na época da compra da vaga da LPL e acabou se transferindo para o recém criado time RNG, onde permaneceu desde então. Na época da Gamtee, Xiaohu era bastante conhecido por seu estilo de jogo egoísta, tentando sempre jogadas individuais que nem sempre rendiam críticas positivas em um jogo de equipe. Contudo, desde a sua chegada, o mid laner cada vez mais vem trabalhando com a sua equipe e pode ser considerado um dos grandes pilares da RNG.
(Mains: Ryze, Taliyah e Vladimir)
Uzi (ADC) – Se no Ocidente temos adc’s como Doublelift e Rekkles que dispensam apresentações, no lado Oriental do globo temos Uzi. Além de ser um jogador com qualidades muito além das normais, o adc da RNG é conhecido pelo seu grande número de abates em LPL (2000 abates em 14/04/2018) e pelo seu número de Pentakills profissionalmente (7).
Além disso, Uzi possui estatísticas incríveis em todos os campeonatos que participa. Nesse primeiro split da LPL, Uzi teve a segunda melhor média de farm (376,21 em 28 jogos), perdendo somente para Able (376,44 em 9 jogos), substituto do próprio Uzi. O jogador também teve a quarta maior média em abates (4,29 por jogo) e o décimo melhor KDA.
(Mains: Varus, Kog Maw e Ezreal)
r273457_1296x729_16-9
Ming (Suporte) – Ming é um dos mais novatos da RNG, com 19 anos, e veio para substituir nada mais nada menos que Mata em 2016. Mesmo com uma grande pressão, Ming conseguiu mostrar uma gameplay muito consistente sob os olhares de seu tutor, Uzi. O grande ponto forte de Ming é sua flexibilidade: ao jogar com Uzi, possui um estilo de jogo muito mais agressivo, enquanto quando faz a dupla com Able, joga com mais contenção e segurança.
(Mains: Alistar, Tahm Kench e Shen)

O Mid-Season Invitational 2018 vai acontecer na Europa entre os dias 3 e 21 de maio. Acompanhe a cobertura completa no Multiverso+!

Comentários