Dota 2: Infamous avança no The International | Multiverso+

Dota 2: Infamous avança no The International

O The Interntional caminha para seus últimos dias e com isso apenas 8 equipes continuam na disputa. Entre elas a peruana Infamous continua fazendo história, a vitíma da vez foi a Newbee. Enquanto isso, PSG.LGD e OG irão reviver o emocionante confronto do ano passado.

Chave dos perdedores

Primeiramente foram disputadas as partidas da chave dos perdedores, Infamous e Newbee abriram o dia. A equipe peruana já havia feito história ao vencer a Keen Gaming e garantir lugar no top 12 da competição, mas isso não pareceu suficiente para eles. A Newbee, por outro lado, queria reviver o bom momento da fase de grupos, porém acabou não respeitando os principais heróis dos peruanos e foi punida. Dessa forma, a Infamous jogou o primeiro e o terceiro jogo com o Wraith King de Hector “K1” que atropelou e fechou a série em 2-1. Com isso, a equipe se garantiu no top 8 do torneio, vale ressaltar que o offlane boliviano, Adrian “Wisper”, foi parabenizado pela conquista.

https://twitter.com/mincombolivia/status/1164421325714284545

Logo em seguida, Team Secret e Mineski se enfrentaram. A grande maioria dos palpites, era de que a equipe de Clement “Puppey” iria atropelar os filipinos. Mas, a história do confronto foi totalmente diferente e isso foi visível no primeiro jogo, com a Secret operando uma das maiores viradas do torneio. A situação continuou da mesma maneira nos próximos jogos, muito equilibrio por ambas as partes. No fim, a dupla Faceless Void e Tiny desequelibraram para ambas as equipes. No jogo 2 a Mineski utilizou a dupla e protagonizou uma intensa vitória, com uma excepicional defesa de base. Já no jogo decisivo, a Secret usou a dupla e com uma última e perfeita team fight fechou a série em 2-1 e avançou na competição.

Chave dos vencedores

As duas principais equipes chinesas, PSG.LGD e Vici Gaming, abriram os confrontos da chave dos vencedores. Em ambos os jogos, as equipes montaram suas estratégias pensando em grande team fight, resultando em partidas lentas mas com momentos explosivos. As execuções da PSG.LGD foram mais precisas e melhor coordenadas, o que garantiu o top 3 para a equipe.

Por fim, OG e Evil Geniuses se enfrentaram em uma reedição do confronto do ano passado. A EG começou atropelando no 1° jogo, buscando um resultado diferente da última vez. Contudo, a equipe de Johan “N0tail” voltou com a dupla Void e Tiny, acabando com o 2° jogo. Para a partida decisiva, a EG apostou no Anti-Mage de Artour “Arteezy”, coisa que custou muito caro. A OG colocou muita pressão cedo na partida, não dando o tempo necessário para o jogador desenvolver seu herói, e fechou a série em 2-1.

 Próximos confrontos

Nesta madrugada de quinta para sexta-feira (22/23), serão realizados apenas confrontos da chave dos perdedores.

23:00 BRT – Royal Never Give Up x Team Liquid – Rodada 3 da chave dos perdedores

03:00 BRT – Infamous x Team Secret – Rodada 3 da chave dos perdedores

07:00 BRT – Evil Geniuses x RNG/Liquid – Rodada 4 da chave dos perdedores

Equipes eliminadas: Chaos Esport Club, Ninjas in Pyjamas, Alliance, Fnatic, Keen Gaming, Natus Vincere, Virtus.Pro, TNC Predator, Newbee e Mineski.

https://twitter.com/wykrhm/status/1164566667952705536

O torneio

O The International começou nesta quarta-feira (14) e tem a grande final marcada para a madrugada do sábado para domingo (24/25). Dessa forma, o maior evento de Dota 2 do ano conta com as 18 melhores equipes do mundo disputando a premiação de mais de U$15.000.000. A equipe do Multivers+ preparou um super guia para você não ficar perdido durante o torneio.

Você poderá acompanhar tudo na transmissão oficial de lingua portuguesa na Twitch. A MissClick_TV também fará a cobertura do evento em seu canal na Twitch.

Comentários

Apaixonado/viciado por Dota 2. Grande fã de esports e esportes em geral. Tentando sobreviver ao ano de 2020.
Formado em Comunicação Social pela ESPM-SP

Caio Ryo

Apaixonado/viciado por Dota 2. Grande fã de esports e esportes em geral. Tentando sobreviver ao ano de 2020. Formado em Comunicação Social pela ESPM-SP