LoL: Qual é a melhor abertura do Worlds?

Após 10 edições do Worlds (Mundial de League of Legends), a Riot já é conhecida por suas cerimônias de abertura incríveis e memoráveis.

Então nada mais justo do que relembrar as cerimônias, analisando como a empresa e o Worlds evoluíram nesses anos!

Vale lembrar que as aberturas estão ranqueadas de acordo com as minhas preferências e as que enxerguei mais importância na história do Worlds. Não existe um único ranking correto, pois a decisão é subjetiva e varia de pessoa pra pessoa.

Dito isso, vamos ao ranking:

9) Mundial da Season 2 (2012)

A primeira cerimônia dos Mundiais de LoL, visto que 2011 não teve uma abertura, foi bem “simples”.

Contando apenas com uma orquestra e um vídeo de melhores momentos do campeonato até ali, a abertura da série entre Taipei Assassins e Azubu Frost foi dramática para os fãs presentes no Galen Center, nos Estados Unidos.

8) Worlds 2015

Apesar de ser um defensor de Worlds Collide, música tema deste Mundial e da abertura, não podemos ignorar que tivemos um retrocesso na cerimônia.

Em um Mercedes-Benz-Arena lotada, com uma final de KOO Tigers e SK Telecom T1, tivemos um show de luzes e uma boa animação, mas o show ficou abaixo do esperado.

7) Worlds 2016

A participação do DJ Zedd com painéis formando uma espécie de caixa de hologramas a sua volta foi algo que poucas pessoas lembram, mas foi um enorme passo para a evolução das aberturas que viriam nos anos a seguir.

Com direito a uma orquestra tocando a canção Ignite junto com seus remixes, foi uma cena incrível pra criar o clima para a série entre SK Telecom T1 e Samsung Galaxy, no Staples Center.

Bônus: essa cerimônia conta com um vídeo em 360º, produzido pela própria Riot e disponível no Youtube em 4k.

6) Mundial da Season 3 (2013)

Mais uma das cerimônias de abertura mais injustiçadas da história do Worlds, o show de 2013 contou com as presenças ilustres de Tina Guo (violoncelista), o duo de músicos eletrônicos The Crystal Method e Wes Borland, guitarrista da banda Limp Bizkit.

O último sendo responsável, junto a Riot, pela criação do tema Hybrid Worlds.

Foi um show e tanto para quem aguardava a MD5 entre ⁠SK Telecom T1 e Royal Club no Staples Center.

5) Worlds 2020

A cerimônia mais recente fica com o quinto lugar do nosso ranking, muito devido aos problemas que ficaram aparentes, principalmente na apresentação de MORE da K/DA.

Mas não podemos esquecer seus méritos, como o resgate de diversas das músicas anteriores como Legends never die, Ignite e Rise para marcar os 10 anos de Mundial, encerrando com Take Over, música tema do Worlds 2020.

O ano de 2020 foi complicado para todos nós por conta da pandemia, que com certeza deve ter impactado os planos da Riot para a abertura da série entre DAMWON e Suning no estádio de futebol Pudong, em Shangai.

4) Worlds 2014

A primeira vez que realmente tivemos o mundial sendo chamado de Worlds contou com uma das cerimônias mais clássicas, com a participação da banda Imagine Dragons tocando a canção Warriors.

Foi a primeira vez que o Mundial teve uma música tema que não foi instrumental, com o artista se apresentando no palco da Grande Final, o que definitivamente foi um marco na história do Worlds.

A cerimônia foi no World Cup Stadium, em Seul na Coréia do Sul, e contou com o embate entre Samsung White e Star Horn Royal Club.

3) Worlds 2018

Abrindo o top 3, temos o debut da K/DA na cerimônia de abertura do Worlds 2018.

Com um Worlds emocionante e todos querendo assistir a Fnatic, primeira equipe ocidental a chegar em uma final desde 2011, enfrentar a IG, o palco foi perfeito para a primeira apresentação da K/DA com a música POP/STARS.

Além disso, tivemos a execução de Rise com participação de The Glitch Mob, Mako, The Word Alive e Bobby do iKON, que com exceção da afinação inicial do vocalista, foi incrível.

2) Worlds 2017

O segundo lugar fica com a famosa “abertura do Dragão Ancião”, que contou com participações do músico Jay Chou e a banda Against The Current.

É uma das cerimônias mais grandiosas da história, com coreografia incríveis, organização impecável e o momento mais marcante: o Dragão Ancião pousando no Estádio Nacional de Pequim, o Ninho do Pássaro.

Tudo isso criou ainda mais expectativa no reencontro de SK Telecom T1 e Samsung Galaxy, onde a SSG conseguiu sua vingança pelo Mundial de 2016.

1) Worlds 2019

Em primeiríssimo lugar, temos a cerimônia de abertura da Grande Final entre FunPlus Phoenix e G2 Esports na AccorHotels Arena, em Paris na França.

A cerimônia teve um visual impecável, com hologramas fantásticos para os presentes, assim como para quem estava assistindo a transmissão e trouxe os artistas de três músicas que foram lançadas pela Riot em 2019.

O início veio com Valerie Broussard em um cosplay de Camille para interpretar Awaken, a canção da season de 2019, e seguiu com a estreia da TRUE DAMAGE com seus intérpretes Soyeon do (G)I-DLE, Thutmose, Becky G, Keke Palmer e DUCKWRTH.

E no fim, tivemos Cailin Russo e Chrissy Costanza interpretando a música do Mundial, Phoenix.

Um verdadeiro espetáculo para os fãs de LoL e de produções visuais.

É inegável que a Riot evoluiu muito em suas cerimônias, apesar de um ou outro deslize, e isso só nos mostra o quanto o League of Legends cresceu como esports no mundo todo, a ponto de lotar arenas e estádios gigantescos.

Gostou do ranking? Comente aí embaixo quais são suas cerimônias de abertura favoritas e deixe seu feedback!

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Leia também:

First Strike: Gamelanders é a primeira campeã brasileira

CS:GO: MIBR perde para a OG e está eliminada da Flashpoint 2

CS:GO: Game XP anuncia liga feminina com 200 mil de premiação

LoL: Liga Loading de Esports começa hoje, saiba tudo sobre a estreia

Comentários

João Pedro Ribeiro

Pindamonhangabense, sonserino, filho de Hades, baterista e futuro jornalista."O poder do vento está sob o seu comando" - Janna