Rainbow Six: psk1 e ion comentam estreias e vitória da FaZe sobre a Liquid no BR6 2019

Colaboração: Otávio Zanotti


Líder e vice-líder se enfrentaram domingo (10), na última rodada do Brasileirão de Rainbow Six. Se trata do confronto entre Team Liquid e FaZe Clan, em que ambas as equipes estavam voltando com mudanças na lineup após o invitational. Na Liquid, Paulo “psk1” assume a vaga deixada por Guilherme “gohaN“, enquanto Ronaldo “ion“substitui João “HSnamuringa” na FaZe Clan. As novas aquisições de ambas as organizações conversaram logo após a partida com a equipe do Multiverso+, onde a FaZe se sobressaiu com uma vitória e um empate.

Ao ser questionado sobre o jogo, psk1 demonstrou que já esperava um confronto complicado. “Todo mundo sabe que a FaZe é um dos melhores times do Brasil, todo mundo sabe que não seria uma partida fácil. A gente treinou bastante, mas tivemos pouco tempo para pegar tática e ritmo de jogo. Eu fiquei muito tempo parado, sem jogar no competitivo. Estou tentando voltar agora, estou dando meu máximo. Espero que nas próximas partidas a equipe melhore cada vez mais“, afirmou.

Do outro lado, ion gostou da estreia apesar de ainda ver espaço para evolução. “A estreia foi boa. Conseguimos ganhar o primeiro mapa e saímos em vantagem no segundo mas demos uma entregadinha ali, acabou que não bateu muito as calls. Isso é costume, estamos jogando há pouco tempo juntos e isso aí se conserta“, disse o novo integrante da FaZe.

Quando perguntados sobre as transferências, ambos jogadores se disseram surpresos. “Foi meio uma surpresa para mim eles me chamarem, mas logo que chamaram nós conversamos e eu aceitei“, conta ion. Com o psk1 não foi muito diferente. “Eu não estava acreditando, estava achando que era uma brincadeira porque o pessoal costumava fazer brincadeira demais. Quando eu vi que era sério mesmo fiquei um pouco assustado porque eu estava fora do competitivo mas, como eu falei, estou tentando voltar à ativa e pegar ritmo de jogo, o que está um pouco difícil ainda“, expõe o suporte da Liquid.

Os dois reforços também demonstram muita confiança em seus respectivos times no andamento da season. “Sei que vamos melhorar muito e temos toda a capacidade de terminar em primeiro tanto na Pro League quanto no Brasileirão“, afirma psk1, aprovando a equipe da Liquid. ion conta que a FaZe também tem altas pretensões. “Espero que a gente se classifique no BR6. A gente quer ficar em primeiro pra ir pra final direto e correr atrás dessa vaga de Milão aí [na Pro League]“, afirma.

Com a saída de gohaN, antigo capitão da Liquid, e entrada do psk1, a equipe terá de fazer alterações táticas. Questionado se isso significaria dar maior liberdade para Leo “ziGueira” Duarte, psk1 foi incisivo. “Para o Zigueira não vai mudar nada porque ele é suporte de ofício e vai continuar fazendo o que já está fazendo. O que vai mudar na equipe é que vai ter um shot caller a menos, porque o gohaN era um cara que dava as calls junto com o xSexyCake e, às vezes, com o ‘Zig’. Agora, com a saída dele, tem menos um cara para dar a call porque eu sou mais suporte. Eu estou tentando fazer um suporte um pouco mais agressivo, o que não é minha praia ainda, mas estou treinando para isso“, diz o mais novo integrante da Liquid, mostrando que ele mesmo quem terá de se adaptar a uma nova função.

Com a vitória por 1-0, a FaZe Clan reduziu a diferença para a Team Liquid, mas continua no segundo lugar do BR6. A transmissão do Brasileirão você acompanha no canal oficial de Rainbow Six Siege na Twitch.

A  cobertura dos jogos você tem aqui no Multiverso+.

Comentários