Taça das Favelas Free Fire tem times definidos para as Seletivas Nacionais

As Seletivas Nacionais da Taça das Favelas Free Fire já têm seus participantes definidos. Garena e a Central Única das Favelas (CUFA) divulgaram nesta quinta-feira (12) as favelas que vão participar dessa etapa do torneio, que possui apoio da Globo.

Não são só as equipes que estão em festa pelo sucesso do trabalho, Marcus Vinícius Athayde, diretor de inovações da CUFA e diretor geral do projeto celebrou: “A história está feita. O próximo final de semana vem pra sacramentar que a favela abraçou o eSports. Fizemos Um Gol Pra Toda Vida! Que venha a grande final”.

Foram 27 favelas campeãs das seletivas estaduais. Agora vai acontecer a Seletiva Nacional da Taça das Favelas Free Fire que será nos dias 13 e 15 de novembro. Outros nove times também farão parte desta etapa. A partir disso, serão divididas em três grupos de 12 equipes. As quatro primeiras equipes que mais pontuarem em seis quedas avançam para a final nacional. 

Se liga na lista de campeãs estaduais

Acre – Vitória

Alagoas – Jaqueira

Amazonas – Cidade Nova 02

Bahia – Boca da Várzea

Ceará – Juacity

Distrito Federal – Favela Bonita

Espírito Santo – Airton Senna

Goiás – Serpro

Maranhão – Tapuitapera

Mato Grosso – Jardim Florianopólis

Mato Grosso do Sul – Nhanha

Minas Gerais – Sumaré

Pará – Marambaia

Paraíba – Bayeux/Mutirão

Paraná – Guaraítuba

Pernambuco – Vila Saramadaia

Piauí – São João

Rio de Janeiro – Parque Ipanema

Rio Grande do Norte – Alto do Rodrigues

Rondônia – Baixada

Rio Grande do Sul – Santa Rita

Roraima – Caraña B

Santa Catarina – São Pedro

São Paulo – Complexo Jardim Elba

Sergipe – Cocal

Tocantins – Palmas/Taquari 2

*O Amapá ainda não definiu a sua campeã, por conta dos problemas de energia elétrica enfrentados pelo estado.

Idealizadores do projeto

O fundador da CUFA, Celso Athayde, também falou sobre o projeto: “A favela é uma grande potência em diversos aspectos e está revelando uma faceta que eu mesmo não conhecia. Os jovens estão muito animados com a competição no Free Fire. E isso é só o começo. Na Taça das Favelas de futebol, já revelamos diversos nomes que assumiram protagonismo na área, bem como, em eventos de moda, ligados ao teatro e outros esportes. Não tenho dúvida que essa tradição se repetirá no eSports”.

“Os eSports são o novo elevador de ascensão social. O que antes víamos acontecer com o futebol, com as artes, agora também é uma realidade nos jogos eletrônicos. Já contamos inclusive algumas destas histórias de superação através dos games. Somos apoiadores de iniciativas que procuram abrir caminhos para que surjam novos talentos e a Taça das Favelas Free Fire é mais uma delas. Uma competição que chega para comprovar que tem game na favela e que os craques, assim como já acontece na edição de futebol do torneio, em breve despontarão nos grandes clubes de eSports”, diz Leandro Valentim, Head de Games e eSports da Globo.

Transmissões da Taça das Favelas Free Fire

As partidas serão transmitidas pelo YouTube e pela BOOYAH!, a partir das 14h nos dias 13 e 14 de novembro, e 15h no dia 15 de novembro. A final no dia 5 de dezembro também 

A final da Taça das Favelas Free Fire está marcada para o dia 5 de dezembro e recebe somente as 12 melhores equipes das Seletivas Nacionais. Haverá também transmissão do SporTV3, além de cobertura do Esporte da Globo nos programas ‘Globo Esporte’ e ‘Tá Na Área’ e no GE.

A premiação total será de R$ 30 mil, divididos em R$ 15 mil para o 1º colocado, R$ 10 mil para o 2º e R$ 5 mil para o 3º.

 

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Leia também:

Taça das Favelas: Torneio de Free Fire está com inscrições abertas

LBFF: SS Esports vence 3ª Etapa da Série A e leva R$ 50 mil

Free Fire Continental Series: Entenda tudo sobre o campeonato

Comentários

Amanda Oliveira

Carioca, estudante de Jornalismo e apaixonada por fast food.