VCTBR: Vivo Keyd e Vikings se classificam | Multiverso+

VCTBR: Vivo Keyd e Vikings se classificam

No confronto da final da chave inferior nesta sexta-feira (20), a Vivo Keyd  venceu a Sharks por 3×1 enquanto a Vikings derrotou a Stars Horizon por 2×0. Ambos os times se enfrentarão neste sábado (21) para decidir quem vai disputar com FURIA  vaga na final contra a Havan Liberty.

A transmissão dos confrontos da etapa final brasileira acontece até domingo (22), a partir das 17h, nos canais oficiais do Valorant Brasil na TwitchYoutube e NimoTV.

VIVO KEYD X YNG SHARKS

BREEZE

No mapa de escolha da Vivo Keyd, que veio na defesa e já começou a primeira metade vencendo o round pistol porém não conseguiu vencer o econômico da SHK. O começo do jogo foi muito bom para a VK, que conseguiu neutralizar o jogo dos adversários, principalmente com a sua composição focada em conseguir informação pelo mapa com a KillJoy do Jhow e o Sova do ntk. A Sharks não estava conseguindo avançar devido o forte controle da Keyd que estava lendo a movimentação da Sharks como um livro. Assim a VK encerrou a primeira metade vencendo por 9×3.

Na segunda metade a Vivo Keyd novamente venceu o pistol, alargando ainda mais a vantagem contra os oponentes no seu mapa de escolha. Mesmo que a Sharks tenha conseguido garantir alguns pontos no final, a Vivo Keyd conseguiu manter o bom jogo controlado que os levou a vitória por 13×5 no primeiro mapa.

Reprodução: Valorant Brasil / Riot Games

BIND

No mapa de escolha da Sharks que veio no ataque já garantindo o primeiro ponto no limite no pistol. A SHK estava conseguindo encaixar ótimos plants no spyke site da A e, mesmo repetindo a mesma estratégia, a VK não estava conseguindo parar a entrada agressiva dos tubarões. A Sharks trouxe um mapa muito agressivo que não abria margens para resposta da Vivo Keyd, que via os seus jogadores caindo a cada round e só conseguiu encaixar a primeira vitória no oitavo round e mesmo realizando 4 vitórias seguidas, a Sharks terminou a primeira metade vencendo de 8×4.

No segundo pistol do mapa quem se saiu melhor foi a Vivo Keyd com uma excelente atuação do v1xen que conseguiu virar os rumos do round com o seu Brimston. A vantagem econômica do round anterior foi decisivo para a recuperação da Vivo Keyd na pontuação geral do mapa que conseguiu ler o jogo da SHK. Mas aquela vantagem alcançada na primeira metade estava a favor da Sharks que conseguiu se manter na partida e mostrou os resultados do bootcamp que o time realizou na Europa, vencendo por 13×6.

Reprodução: Valorant Brasil / Riot Games

ICEBOX

No terceiro mapa do dia, quem se saiu melhor no pistol foi a VK que vindo na defesa conseguiu neutralizar a SHK, iniciando o mapa na vantagem, enfraquecendo a economia dos adversários. Mesmo com a Sharks plantando a spyke, a Vivo Keyd estava conseguindo emplacar ótimos retakes nessa primeira metade do mapa. Mesmo sem muitos recursos a Sharks conseguiu o seu primeiro ponto na sétima rodada, um ponto importantíssimo para a economia da equipe mas que não foi suficiente para recuperar totalmente a situação para a SHK. A Vivo Keyd encerrou a primeira metade com um placar elástico, atropelando a Sharks por 11×1.

A segunda metade não foi nem considerado uma metade de fato, com a VK vencendo de 11×1, o fator psicológico pesava bastante. A Vivo Keyd venceu o pistol com bastante facilidade, emplacando o 12° ponto e na sequência levando a vitória com um mapa totalmente dominante, terminando o mapa com 13×1.

Reprodução: Valorant Brasil / Riot Games

STARS HORIZON X VIKINGS

ASCENT

No mapa de escolha da VKS que veio na defesa quem se saiu melhor no primeiro round foi a Stars Horizon com uma entrada muito boa no bomb site B da Ascent. Mas a VKS não deixou barato e, embora a SH tenha saído na frente, os Vikings estavam conseguindo responder a altura as entradas rápidas da Stars Horizon. Com isso a VKS pegou vantagem na primeira metade, e mesmo com alguns pontos da SH em rounds armados, a Vikings terminou a primeira metade vencendo de 8×4.

Na segunda metade a Stars Horizon conseguiu novamente vencer o pistol, se aproximando no placar da VKS que ainda tinha 3 pontos de vantagem. Mas essa gordura de pontos foi diminuindo com o passar dos rounds, até que, com um ótimo jogo do dgzinX! com sua Jett de operator a SH conseguiu empatar o mapa no 8×8. Mesmo com a recuperação da Stars, a Vikings continuava colada no placar, conseguindo responder muito bem as rotações dos adversários levando o mapa ao overtime.

Na primeira rodada do overtime a Stars Horizon conseguiu entrar no bomb site B e dominar o mapa, sem deixar que a VKS conseguisse entrar pelo meio. Na sequência a Vikings conseguindo se aproveitar dos erros da SH realizou uma inversão da B para a A e mesmo com muitas trocas ente as equipes, Sacy com o seu Sova conseguiu realizar um belo clutch que manteve a VKS na competição. Na segunda parte do overtime a a Vikings se saiu melhor, vencendo duas rodadas seguidas e vencendo de 14×13 no mapa dos adversários.

Reprodução: Valorant Brasil / Riot Games

BIND

No segundo mapa, de escolha da Vikings que veio no ataque e fez uma entrada calculada no bomb site B. Estudando os adversários e forçando os jogadores da SH a gastarem suas habilidades, permitindo um plant mais fácil, que trouxe uma vitória da VKS no round pistol. A Stars não estava conseguindo responder a pressão que a Vikings estava colocando na região do longo e no hookah e essa falta de resposta se refletia no distanciamento da Vikings no placar. A primeira metade foi bem dominante da VKS que apresentou um ataque bem sólido, encaixando muito bem os rounds, vencendo de 9×3.

Na segunda metade a SH tinha a missão de vencer no ataque contra a KillJoy do Saadhak. Após uma troca intensa no hookah, ficou Sacy contra pANcada para decidir o round pistol e quem se saiu melhor foi a SH que conseguiu se aproximar um pouco no placar. Mas a VKS estava capitalizando com a vantagem obtida na primeira metade e, mesmo com a Stars conseguindo emplacar 3 rounds seguidos, a Vikings conseguiu voltar no jogo e venceu o mapa por 12×7, se classificando para a partida do sábado (21) contra a Vivo Keyd.

Reprodução: Valorant Brasil / Riot Games

 

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Leia também:

FreeFire: Estreia do campeonato Alok GameChanger

Baino estreia parceria musical com Leo Santana e Kawe

VALORANT: Inscrições para a 2° Qualificatória Protocolo Evolução estão abertas

Comentários