Worlds 2020: Entrevista com Envy sobre desempate contra MAD

A equipe do Multiverso+ conversou com o Envy após o fim da campanha da INTZ no Mundial 2020 de League of Legends para saber como foi disputar esse último dia de Play-In.

No começo do dia, os brasileiros conseguiram uma grande vitória em cima da então invicta Team Liquid, da LCS, e se mantiveram vivos. Segundo o Envy, essa vitória “deu um gás a mais” para a equipe.

Ainda assim, não estávamos classificados. Os resultados anteriores garantiram que a INTZ jogaria pela permanência no torneio contra a europeia MAD Lions, que vinha de maus jogos.

Desempate contra a MAD Lions

Nos picks e bans da partida tivemos uma surpresa: Kog’Maw na rota do meio para o Envy, um campeão que ele havia jogado apenas uma vez na etapa (semifinais do CBLoL, contra a KaBuM!).

Perguntamos ao mid laner o porquê da escolha arriscada contra a Orianna do Humanoid e o Envy disse que a escolha partiu dele, por sentir que o time precisava de mais poder de habilidade.

Já sobre o resultado do jogo, vimos uma INTZ extremamente solta e jogando seu jogo, inclusive conquistando um Barão. Mas a vantagem foi por água abaixo após uma luta mal executada pela equipe.

O Envy reconheceu que o time afobou nesse momento, o que acabou por dar espaço para os adversários.

Sobre a passividade após perder a primeira luta, o mid laner disse que a INTZ deixou a MAD tomar controle do gatilho de engage, o que fazia os europeus tomarem a decisão de lutar ou não.

Como já mencionamos em outra postagem, a equipe foi para o mundial sem um psicólogo para auxiliar no trabalho mental dos jogadores. Vimos que a equipe jogando sem pressão contra a Team Liquid teve outro gameplay. Por isso, questionamos se o jogador sente que faltou o acompanhamento de um profissional de psicologia.

A resposta de Envy foi a seguinte:

Não sei se ter um psicólogo ajudaria muito nessa situação. Na minha experiência com essa line nós temos que experienciar e ver com nossos próprios olhos que estamos errando nesse quesito e resolvermos entre nós”.

Brasil em competições internacionais

Por fim, o jogador falou no acredita ser importante mudar na postura dos times brasileiros em campeonatos internacionais.

Dessa vez faltou a gente se soltar mais cedo, mas em geral, nunca desacreditar do potencial que nós temos e acreditar que podemos ir longe”.

A equipe do Multiverso+ agradece a INTZ por disponibilizar o Envy, e ao próprio jogador por ter essa conversa com a gente.

O Multiverso+ está realizando a cobertura completa dos jogos do Worlds 2020. Fique de olho!

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Leia também:

Worlds 2020: SuperMassive manda MAD para casa e se mantém na disputa

Worlds 2020: LGD vence Rainbow 7 por 3 a 0 na primeira MD5 do dia

Team oNe apresenta a iniciativa Life Gamers

Comentários