Worlds 2020: Fnatic assusta mas TES vence

Este sábado (17) de Worlds 2020 (Mundial de League of Legends) teve o embate entre TES  e Fnatic, o duelo que todos diziam ser o “mais previsível” das quartas de final do campeonato.

Mas os europeus vieram pra Summoner’s Rift provar o contrário, que poderiam sim dar trabalho para os chineses.

Jogo 1: Para quem acredita na magia

O primeiro jogo da série foi o mais chocante, tanto pelo resultado quanto pela forma que ele veio.

A Fnatic neutralizou completamente um dos destaques da TES, o atirador campeão do mundo JackeyLove ficou 0/6 por conta da pressão imposta na rota inferior.

E com isso, a equipe chinesa não conseguiu rodar o jogo em volta do mid laner knight, que mesmo forte não foi o suficiente para segurar o avanço dos adversários.

Os Fanáticos atropelaram e abriram a série com vitória. O MVP foi o suporte Hylissang.

Jogo 2: Fnatic coloca TES contra a parede

Após uma grande vitória no jogo de abertura, a Fnatic veio para acabar de vez com o favoritismo da TOP Esports.

A equipe europeia chegou a sair atrás no ouro, graças ao farm e pequenas conquistas iniciais da equipe chinesa, mas logo impôs seu jogo e conseguiu mais uma vez dominar seus adversários.

Com boas lutas em objetivos e cedendo pouco, a Fnatic abriu 2 a 0 na série graças ao Dragão Ancião e colocou a TES de costas para a parede da eliminação. O destaque do jogo 2 foi o caçador Selfmade que trouxe os Kindred pela segunda vez na série.

Jogo 3: TES responde

Com toda a pressão em seus ombros, a Top Esports respondeu com um jogo dominante.

Em um jogo totalmente diferente dos anteriores, a Fnatic cometeu diversos erros de rotação e os chineses souberam como punir. Criando um efeito bola de neve, dando início a reação do time na série.

O destaque foi o Lee Sin do caçador Karsa.

Jogo 4: Top empata tudo

A vitória no jogo 3 embalou a equipe da LPL, que conseguiu manter a escolha de Sion na rota do topo.

Já a Fnatic menteve o mesmo problema do jogo anterior: faltou dano na composição. A equipe europeia conseguiu alguns bons momentos, mas sempre se via que faltava um causador de dano pra lidar com a linha de frente da TES.

Graças a isso, assistimos a Top Esports jogar de forma mais reativa, esperando a equipe europeia iniciar para responder e vencer as lutas com tranquilidade.

O destaque foi novamente o caçador Karsa, que trouxe sua Nidalee.

 

Jogo 5: Silver Scrapes e vitória da TES

O último jogo da série foi um soco no estômago dos fãs da Fnatic, uma partida completamente dominada pela Top Esports e irreconhecível dos europeus.

A equipe chinesa confiou novamente no Lee Sin de Karsa e deu muito certo. Com jogadas agressivas bem cedo no jogo, o caçador criou uma enorme vantagem que só cresceu com o passar do jogo.

E sem tomar conhecimento dos europeus, a equipe de JackeyLove e Knight avançou na competição, deixando um gosto amargo para os fãs ocidentais.

Karsa foi eleito o destaque da partida pela terceira vez.

 

TES x Suning nas semis do Worlds

Com a vitória da TES na série de hoje, temos a definição da primeira semifinal: teremos um duelo chinês entre Top e Suning no próximo sábado (24) por uma chance de jogar a Grande Final do Worlds 2020.

Já neste domingo (18), a Gen.G e G2 se enfrentarão na última das quartas de final para definir quem jogará contra a DAMWON no domingo (25).

O Multiverso+ está realizando a cobertura completa dos jogos do Worlds 2020. Fique de olho!

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Leia também:

Worlds 2020: Damwon vence DRX por 3 a 0

Worlds 2020: Sunning faz bom jogos e ganha da JD Gaming

Riot Music divulga artistas do EP K/DA ALL/OUT

Comentários