Worlds 2021: EDG é Campeã Mundial de League of Legends

A luta entre LPL e LCK, as maiores regiões do League of Legends, colocou fogo em Summoner’s Rift no decorrer deste sábado (6), com o embate entre Edward Gaming e DWG KIA na série mais importante do ano competitivo de LoL. As duas equipes vieram de semifinais difíceis, com vitórias em cinco jogos, em um caminho árduo até garantir suas vagas na Batalha Final: a Grande Final do Worlds 2021.

Mas antes da partida, a Riot Games apresentou a clássica Cerimônia de Abertura do Mundial. Neste ano o show trouxe a temática da série Arcane à vida, com Piltover e Zaun de cenário e as campeãs Jinx e Vi no foco, e ainda contou com apresentações dos artistas PVRIS, Bea Milles, JID, Denzel Curry e a banda Imagine Dragons, confira:

Jogo 1: Existe favorito?

O Duelo de Titãs entre EDG e DWG KIA começou logo na sequência, com um jogo de abertura surpreendente da campeã chinesa. Na primeira partida contra a atual campeã do mundo, a Edward Gaming mostrou o motivo de ter conquistado a LPL com um jogo totalmente controlado, sem dar chance de resposta para a DWG.

E com destaque para o Jarvan IV do caçador JieJie, a equipe chinesa saiu na frente da série.

JieJie, caçador da EDG, levou o destaque do jogo 1 da final

Jogo 2: Os campeões respondem

Após sair atrás na série, a DWG KIA se viu na necessidade de responder com uma vitória e evitar uma situação complicada na série. E a experiência dos campeões do mundo fez a diferença no Jogo 2, quando Canyon e ShowMaker brilharam para responder à derrota da partida de abertura.

E em um gameplay dominante, a DWG controlou a EDG em Summoner’s Rift, empatando a série. Qiyana, a Imperatriz dos Elementos, do caçador Canyon foi o destaque do jogo.

Canyon, caçador da DWG KIA, levou o destaque do jogo 2 da final

Jogo 3: A um passo do bicampeonato

Com dois jogos controlados pelas equipes, não havia uma previsão concreta de como seria o resultado da terceira partida, que colocaria a equipe vencedora a uma vitória do título. Focada em impedir o bicampeonato dos adversários, a EDG veio forte no começo de partida, onde abriu uma grande vantagem, mas com o passar do tempo o time perdeu o controle do jogo nas grandes lutas e objetivos.

A partida foi decidida no brilho individual de ShowMaker, que usou das ultimates roubadas por seu Sylas para virar a partida a favor da DWG, que superou a desvantagem no ouro e venceu os campeões chineses, para ficar a um jogo do segundo título no Mundial de League of Legends.

ShowMaker, mid laner da DWG KIA, levou o destaque do jogo 3 da final

Jogo 4: A esperança de uma nação

Com os resultados anteriores, a Edward Gaming, uma das organizações mais tradicionais da LPL ,se viu carregando o peso de toda a torcida da China nas costas. Sem poder perder, a equipe foi forçada a mostrar mais da resiliência que os fez chegar na decisão em duas séries completas de cinco jogos, trazendo a surpresa com o Viego nas mãos do caçador JieJie e um jogo avassalador.

Jogando como uma unidade, a EDG dominou os recursos em Summoner’s Rift e conseguiu a tão necessária vitória  para forçar o último e decisivo jogo pelo título.

JieJie, caçador da EDG, levou o destaque do jogo 4 da final

Jogo 5: Silver Scrapes

A partida mais importante e com as maiores histórias do Mundial: além de ser o jogo do título, o quinto jogo marcou a última partida da carreira de Khan, top laner da DWG KIA, além de ser a chance da EDG conquistar o primeiro Worlds de sua história, evitando o bicampeonato e a dinastia de seus adversários.

Dentro de Summoner’s Rift, a EDG saiu atrás após pressão da DWG na rota do topo, mas a equipe conseguiu se organizar no jogo e tomar as rédeas das partidas para si. A DWG KIA, atual campeã do mundo, tentou retornar com uma execução incrível do Barão, mas sucumbiu após a EDG conquistar o Dragão Ancião.

Com o buff, a Edward Gaming ainda executou um último Barão antes de marchar rumo ao Nexus da DWG e se sagrar como a nova Campeã Mundial de League of Legends pela primeira vez em sua história.

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Leia também:

Gamers Club fará evento para a estreia de Arcane

VALORANT: Ninjas in Pyjamas chegará ao Brasil

CPN: conheça as novidades para a Season 6

Comentários

Pindamonhangabense, sonserino, filho de Hades, baterista e futuro jornalista.

"O poder do vento está sob o seu comando" - Janna

João Pedro Ribeiro

Pindamonhangabense, sonserino, filho de Hades, baterista e futuro jornalista. "O poder do vento está sob o seu comando" - Janna