AfroGames chega ao fim do seu segundo ano letivo

Afrogames chega ao fim do seu segundo ano letivo

No último dia 4 de dezembro, o AfroGames e a favela de Vigário Geral eram só alegria. O projeto que cria e oferece oportunidades aos jovens moradores de favelas e das periferias do Rio de Janeiro de conhecer as oportunidades no mundo dos games e e-sports, formou sua segunda turma com 100 alunos em 2021, e anunciou a expansão do projeto com uma nova sala “Mobile”, mais 50 vagas, um time de Fortnite e a manutenção do time de League Of Legends (LOL).

Celebração AfroGames

O ponto alto da celebração foi a cerimônia de entrega dos certificados para os alunos de games, programação e inglês que foi repleta de alegria e emoção, tanto dos alunos como de todos que acompanharam no local. O evento foi marcado também pela entrega da premiação para os melhores alunos de cada modalidade de curso, atleta revelação, familiar mais engajado com o projeto, entre outros.

Afrogames cerimônia

A alma do projeto

Durante a solenidade, Ricardo Chantilly diretor executivo do projeto, afirmou que todas as dificuldades apresentadas foram um incentivo a mais, para conseguir completar o ano letivo

“É mais que a realização de um sonho e não tinha como a gente estar mais feliz nesse momento!!! Enfrentamos um ano bem atípico e chegar agora em dezembro conseguindo promover a formatura desse jeito é realmente a coroação de um trabalho muito bem feito de toda a equipe do AfroGames e do AfroReggae. Temos um projeto que vem crescendo ano após ano e com o apoio de todas essas marcas realmente começamos a vislumbrar um futuro ainda mais brilhante. Nos consolidamos como um projeto de inclusão social e digital que usa os games como ferramenta de integração, queremos que fique este exemplo para o Brasil e para o resto do mundo.”, finalizou Chantilly

Entre as novidades apresentadas na formatura, podemos destacar o lançamento da sala “Mobile”, que vai possibilitar atender mais 50 alunos com aulas de Free Fire. A divulgação da continuação da parceria com a Fusion (AMBEV), tradicional empresa do cenário não endêmico, que desde o começo vem apoiando e incentivando o projeto, e que agora vai promover um time de Fortnite.O time de LOL será reestruturado e terá rotação de jogadores dando espaço para aqueles que mais se destacarem. Além disso, foi confirmada a manutenção da parceria com a GOL e outras marcas como Nuuvem, que foi como apoiadora e a Kingston que foi outra grande empresa a apoiar a celebração.

Fazendo a diferença

Essa é segunda formatura promovida pelo projeto que nasceu da amizade de Ricardo Chantilly, empresário do show business e José Junior, CEO do AfroReggae Audiovisual, em maio de 2019, com o objetivo de capacitar e profissionalizar os jovens da favela Vigário Geral, para atuarem no mercado dos esport.

Afrogames Foto: Multiverso+

Para Willian Reis, diretor executivo do AfroReggae, o mais importante do projeto é conseguir a cada ano atender a mais jovens ““A importância dessa segunda formatura é imensa, tanto para os alunos quanto para todas as regiões periféricas. Estamos conseguindo apresentar possibilidades do mundo dos games para os moradores de favelas no Rio de Janeiro. Queremos continuar a ampliar essas ações para formar cada vez mais jovens que até então não tinham acesso ao mercado de games”, afirmou Reis.

Sobre o Projeto AfroGames

Criado em 2019, AfroGames é um projeto de inclusão digital e impacto social, focado em jovens em situação de vulnerabilidade, moradores de favelas cariocas. O projeto é fruto da parceria entre o Grupo Cultural AfroReggae e a Chantilly Produções e tem como objetivo principal utilizar a educação e a tecnologia como estratégias para transformação social e geração de renda por meio da criação do primeiro time profissional de eSports dentro de uma favela no mundo e de um centro de cultura gamer e esportes eletrônicos que forma profissionais com alto potencial competitivo em diferentes segmentos.

Leia também:

VALORANT Champions: Grupos do mundial são revelados

Dota 2: NoPing traz de volta velhos conhecidos

Free Fire: Play na Taça das Favelas

Free Fire: Noise fatura a LBR Champions

Comentários

Jornalista & Blogueira. Não foge de um bom filme, série ou um jogo da hora. Fã da Marvel e apaixonada por Tomb Raider <3

Ana Schuch

Jornalista & Blogueira. Não foge de um bom filme, série ou um jogo da hora. Fã da Marvel e apaixonada por Tomb Raider <3