Fortnite: Epic Games declara “guerra” contra Apple

Durante a tarde dessa quinta(18) a Epic passou um vídeo no telão em seu jogo Fortnite que era uma paródia ao comercial da Apple chamado “1984”.

— Fortnite (@FortniteGame) August 13, 2020


No vídeo, referência também ao livro de George Orwell,  pode se ver o “ditador” como sendo a “maçã mordida” da Apple. O comercial original é esse:

No final do vídeo pode ser lida uma mensagem que esclarece o motivo da “paródia” feita no Fortnite:

A Epic Games Desafiou o monopólio da App Store. Em retaliação, a Apple está bloqueando o Fortnite em um bilhão de dispositivos. Lute com a gente para que 2020 não vire “1984”. #FreeFortnite.

A Epic games também postou em seu twitter que colocou uma ação contra a Apple por “anti-competitividade”

O porquê disso tudo? Sabe-se que a Epic não concorda pelas taxas cobradas por plataformas como a Play Store da Google, a Steam ou a App Store da Apple. Fortnite ficou muito tempo fora da Playstore por afirmar que a taxa de 30% em compras dentro de aplicativos era abusiva. Saiba mais aqui. Entretanto, em celulares Android, você pode baixar aplicativos por fora, sem problema, o que não acontece em celulares da Apple.

Fortnite foi banido da App Store pelo que então?

Entretanto, mesmo sabendo que a App Store também cobrava 30% por compras dentro do aplicativo, a empresa burlou o sistema e forneceu compra de v-bucks sem precisar cobrar a porcentagem, e ainda com desconto de 20% pra quem usasse o sistema. Tal atitude acarretou no banimento do jogo na loja de aplicativos do IOS.

Até o momento, Microsoft e Facebook declararam apoio à Epic.

E você leitor, o que acha sobre isso?

Caso queira saber onde você pode assistir o vídeo, preste atenção no mapa:

Mapa de onde encontrar o telão em Fortnite

Comentários