PUBG: 15 pessoas acusadas de desenvolver hacks são presas na China

Em um post na página PUBG Steam , a PUBG Corp anunciou que tinha conseguido algumas informações sobre vendedores e desenvolvedores de hacks. No dia 25 de abril, 15 suspeitos foram presos por “desenvolver e vender programas” que afetam o PUBG.
“Foi confirmado que o código malicioso, incluindo um software de cavalo de Troia, foi encontrado em alguns destes programas e foi usado para roubar informações do usuário. Outros suspeitos relacionados a este caso ainda estão sendo investigados. Alguns programas de hack que estão sendo distribuídos através de sites inclui um Heybox (小黑盒) Trojan (chinês backdoor).”  Publicação feita pela PUBG Corp na Steam.
pubg_m249_desert_1-600x338
A polícia chinesa disse que ficou provado que os desenvolvedores do software malicioso  usaram o vírus Heybox para “controlar o PC do usuário, verificar dados pessoais e extrair informações,” por meios ilegais 
A PUBG Corp disse que continuará a tomar medidas punitivas contra programas maliciosos e seus respectivos criadores.

Comentários