Cobra Kai: 3ª Temporada – Crítica (com spoilers)

Sim, temos uma nova temporada de Cobra Kai. A série que serve como continuação da clássica franquia Karatê Kid chegou a sua 3ª Temporada na Netflix. Sobretudo, agora, vemos o quanto até a antiga rivalidade entre o Miagy-Do e o Cobrai-Kai vai, e as consequências do confronto do fim da 2ª Temporada.

Recapitulando

Antes de mais nada, é bom lembramos um pouco sobre o como foi a história da série até o início desta temporada:

Após anos do Campeonato Regional de Karatê, Johnny Lawrence (William Zabka) decide reabrir o dojô de karatê Cobra Kai depois de fazer amizade com o jovem Miguel Diaz (Xolo Mariduenã), o que leva o ex-bicampeão de karatê Daniel Larusso (Ralph Macchio) a fazer uma campanha contra o Cobra Kai, culminando na reabertura do Miyagi-Do, tendo como principais alunos a filha do Daniel, Samantha Larusso (Mary Mouser) e, o filho do Johnny, Robby Keene (Tanner Buchanan).

Contudo, como se a simples rivalidade entre os mestres karatekas não fosse o bastante, durante a 1ª Temporada é formado um triângulo amoroso entre Miguel, Samantha e Robby, o que leva o uma crescente na rivalidade entres os dojôs.

Juntamente com esse triângulo, na segunda temporada ambos os dojôs crescem em número de alunos, e novos personagens começam a por mais fogo na rivalidade, e principalmente na tensão do triângulo amoroso, como são os personagens do John Kreese (Martin Kove) e da Tory Nichols (Peyton Roi List), onde um é o antigo sensei do Johnny e grande responsável por toda a conduta agressiva dos alunos do Cobra Kai nos filmes Karatê Kid, e a outra é um interesse romântico novo para o Miguel, e rival da Samantha Larusso.

Com as tensões aumentando, o último episódio da 2ª Temporada termina com um grande confronto entres os alunos de ambos os dojôs, com no fim Robby jogando Miguel do segundo andar da escola, o que leva o garoto a entrar em coma no fim da temporada.

E é nesse pós conflito que iniciamos a 3ª Temporada.

Fique atento pois teremos spoilers das 3ª Temporadas!

Cobra Kai season 3: Does Miguel Diaz die? Actor clears up mystery | The Independent

Pera aí, você não deixou de contar algumas coisas?

Bem caro leitor, isso é o essencial para você se lembrar antes de começar a assistir esta temporada. Lógico, temos personagens muito interessantes que ficaram de fora dessa pequeno resumo das duas primeiras temporadas de Cobra Kai, como o Demetri (Gianni DeCenzo), o Eli”Hawk” (Jacob Bertrand), e a Amanda Larusso (Courtney Henggler), que são personagem importantes para desenvolvimento da série.  Entretanto, estes personagens que foram citados no resumo são o centro da série, e é em volta deles que as tramas vão crescendo.

Além disso, durante a terceira temporada temos um foco cada vez maior neles, o que desenvolve muito bem os personagens mais jovens (Miguel, Samantha, Robby) e consolida os papel dos personagens mais velhos (Johnny, Daniel e John).

Sem contar que nessa temporada de Cobra Kai, alguns personagens secundários foram muito deixados de lado, como a Moon (Hannah Kepple), e outros foram tirados dessa temporada, como a Aisha Robson (Nichole Brown).

Poxa, mas por que fizeram isso com alguns personagens que eram tão legais?

Porque, segundo os roteiristas, são personagens que não tem espaço na trama da 3ª Temporada. E sinceramente, não tem mesmo. Foi a melhor decisão para que o roteiro dessa temporada não fosse prejudicado com tempo de tela desnecessário.

This 'Cobra Kai' Scene Was Hannah Kepple's First Time Ever in Front of a Camera

E como vai essa temporada de Cobra Kai?

A 3ª Temporada é muito mais sobre os personagens chaves da série do que nas temporadas anteriores. Não apenas sobre uma questão de entendermos quem eles são (com exceção do Kreese), mas como eles estão reagindo e agindo com os acontecimentos do final da temporada anterior.

Para o Johnny, ele não apenas teve o aluno que lhe é mais querido seriamente machucado, mas também ele perde a posse do Cobra Kai para o Kreese. E para piorar foi seu próprio filho que feriu o Miguel, e no início dessa temporada ele está foragido.

Para o Daniel, foi seu aluno que mandou outra pessoa para o hospital, e além de estar preocupado com o Robby, a briga na escola leva a uma reação pública contra a sua concessionária, deixando ele também com problemas sérios no trabalho.

Para Miguel, bem, ele começa a temporada em coma. E apesar de chegar a despertar logo nos primeiros episódios, um longo caminho de recuperação o aguarda nessa temporada.

Para Samantha, ela enfrenta a consequência de ser uma das causadoras de toda a briga na escola, pessoalmente, esta se sentindo culpada pela briga entre Miguel e Robby, e começa a temporada traumatizada com toda a violência pelo qual passou, sentindo muito medo de voltar para a escola.

Para Robby, a temporada começa da pior maneira possível, sendo ele um foragido da polícia pela agressão na escola e por ferido gravemente um outro aluno. E também ele está cada vez mais desesperado, se sentindo desamparado, o que leva no decorrer da série a procurar ajuda onde não devia, com o John Kreese.

E o Kreese, esse sim tem um baita arco nessa temporada! Descobrimos o passado dele no Vietnã, e os traumas que o moldou como essa pessoa amargurada e agressiva que conhecemos desde Karatê Kid 1. E agora, mais do que nos filmes, ele se mostra como um tremendo vilão, agindo por traz dos seus alunos para prejudicar tanto o Daniel quanto o Johnny.

Cobra Kai": elenco fala sobre sucesso da série e celebra 3ª temporada - Revista Galileu | Séries

Wow! Interessante.

A 3ª Temporada de Cobra Kai talvez seja a melhor temporada da série até agora.

Não apenas por sua qualidade técnica, que cresceu muito no decorrer de cada temporada, principalmente quando falamos das coreografias das lutas que estão cada vez melhores, mas também porque essa temporada é a que os personagens mais crescem.

E o crescimento é muito individual para cada personagem, sendo que nem todos crescem de maneira positiva. Por exemplo, Robby por se sentir desamparado por Daniel e pelo Johnny e por sabe que Samantha e Miguel reataram, ele entra no Cobra Kai, sendo agora o principal aluno do dojô. John Kreese cresce como personagem só por sabermos como foi o seu passado, o que não faz com que ele perca o papel de vilão. Ele agora é um vilão que nós sabemos o que moldou ele, mas ainda é um vilão.

Por outro lado alguns personagens dão a volta por cima. Miguel se recupera com muito esforça, Samantha enfrenta seu trauma causado pela briga na escola (ironicamente enfrentando a Tory em uma briga no fim da temporada), e até o Eli “Hawk” abandona o Cobra Kai depois de perceber que os ensinamentos do Kreeses são completamente distorcidos.

Como uma cereja no bolo, temos os arcos do Daniel e do Johnny, onde enquanto um vai para o Japão para tentar recuperar a sua empresa, o outro vai em busca de se reerguer do baque do fim da última temporada, e também de seu passado.

Nessa temporada de Cobra Kai temos o Johnny se dedicando a ajudar o Miguel a se recuperar, ele abrindo um novo dojô de Karatê, o Presas do Falcão (sim, esse nome é estranho mesmo), e ele se reencontrando depois de anos com a Ali Mills (Elizabeth Sue), e fazendo as pazes com seu passado.

Cobra Kai's Creators Didn't Know Elisabeth Shue Would Return When She Was Teased In Season 2 - CINEMABLEND

COMO ASSIM A ELIZABETH SUE ESTÁ NA SÉRIE!?

Sim caro leitor, a Elizabeth Sue voltou a interpretar a Ali, e foi nos dois episódios finais da temporada, e de longe os mais importantes até agora. Eles são o momento de consolidação dos personagens do Johnny e do Daniel, e com certeza o que vai fazer os fãs de longa data da franquia explodirem a cabeça.

Assim como nas temporadas anteriores de Cobra Kai, essa temporada termina com uma luta, porém dessa vez temos uma união dos alunos do Johnny e do Daniel contra o Cobra Kai do Kreese. E essa união será um dos principais assuntos da próxima temporada, onde teremos os dojôs Miyagi-Do e Pressas do Falcão x Cobra Kai no Torneio Regional.

Essa temporada foi um coleção de grandes momentos para tanto os fãs de longa data da franquia Karatê Kid, quanto para os fãs que entraram nessa franquia pela série Cobra Kai. E se isso não fosse o bastante, temos atuações até bem melhores do que nas temporadas anteriores, coreografias também que estão cada vez mais bem executadas e uma história que promete chegar a seu ápice na próxima temporada.

Enfim, nada mais justo do que dar um merecido 10/10 na escala de qualidade do Multiverso+. A série não erra quando precisa ser bem humorada, não erra quando tem que ser dramática e não erra quando tem que ter ação. E vamos ver o que nos aguarda. Até agora todas as temporadas já estavam “prontas” para o Youtube Originals, mas foram lançadas na Netflix. A 4ª Temporada será a primeira que sera 100% produzida pelo serviço de streaming.

E você? O que achou da 3ª Temporada de Cobra Kai? Escreva nos comentários sua opinião e, para mais notícias de cinema e séries, siga o Multiverso+ nas redes sociais.

Facebook

Instagram

Twitter

 

DC: 4 filmes por ano a partir de 2022 é a meta da Warner

Mulher Maravilha 3 é confirmado pela Warner

The Mandalorian: 2ª Temporada – Crítica com Spoilers

Comentários
+ posts

Um historiador por profissão, que ama cinema e televisão e escreve por diversão.

Gustavo Nunes

Um historiador por profissão, que ama cinema e televisão e escreve por diversão.