EVO 2020: Evento é cancelado após denúncias de assédio

EVO, maior organização de torneios de games de luta do mundo, está em uma situação complicada. Nas últimas horas um grande escândalo abalou as suas estruturas. O ano de 2020 já vem sendo marcado por cancelamentos, mas eram por conta do Coronavírus. Agora a EVO, que já havia se tornado um evento totalmente online para este ano, acaba de ser cancelada de vez por conta de um “exposed” que ninguém esperava.

Joey Cuellar, Presidente da empresa, esta sendo acusado de abusar de jogadores menores de 18 anos. O relato que abriu as portas para o escândalo veio do perfil no Twitter chamado @PyronIkari, que fez uma extensa postagem contando tudo que havia acontecido com ele, onde Cuellar seria o protagonista e abusador.

Contudo, a organização da Evo havia emitido um comunicado na noite de ontem dizendo que estavam avaliando os fatos e que estavam cientes da acusação que Cuellar estava sofrendo. No entanto, algumas horas depois a decisão foi tomada. A EVO 2020 está cancelada, Joey Cullar será desligado da organização e Tony Cannon será o novo CEO da empresa.

 

Após isso, Joey Cuellar usou seu perfil no Twitter para emitir um comunicado. Ele diz que foi um jovem irresponsável e que pede desculpas. Além disso, diz que tudo que espera é se tornar uma pessoa melhor.

E para ficar por dentro de todas as novidades da cultura pop de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Fique em casa, lave as mãos, e evite aglomerações caso seja obrigado a sair. Tais atitudes evitam a proliferação da doença que pode não ser tão mortal, mas é altamente contagiosa e para os que se encontram no grupo de vírus, esse é o maior perigo. Todos podem transmitir a doença, ainda que sem sintomas, até mesmo as crianças, que raramente apresentam dificuldades com a COVID-19. Se cuide!

Leia também as notícias:

Dark: Crítica da 3ª temporada

Marvel Comics adquire direitos de Alien e Predador

 

Comentários