LoL: Mudanças no Mundial aumentam chances do Brasil

A Riot Games anunciou na manhã de hoje (01) uma mudança no formato do Play-In do Mundial deste ano por conta de restrições de viagem relacionadas com a pandemia de COVID-19.

A alteração aconteceu porque as duas equipes da VCS (liga do Vietnã) não poderão viajar para a disputa do torneio.

O novo formato divide as 10 equipes do Play-In em dois grupos de cinco times e as equipes jogarão uma vez contra cada outra equipe do próprio grupo.

O primeiro colocado de cada grupo está garantido na Fase de Grupos do Mundial, enquanto o último é eliminado.

Agora que as coisas ficam interessantes: ao mesmo tempo, outras duas vagas serão dadas para as equipes entre segundo e quarto lugar.

A luta por essa vaga será da seguinte forma:

  • O 3º e 4º lugares de cada grupo disputarão uma MD5 entre si;
  • O perdedor está eliminado do Mundial;
  • A equipe vencedora jogará outra MD5, contra o 2º lugar do outro grupo;
  • O time que ganhar estará na Fase de Grupos.

Esquema da disputa do Play-In do Mundial deste ano.

Isso aumenta as chances da equipe brasileira que irá disputar a competição de, pelo menos, disputar uma melhor de cinco (o que não fazemos desde 2017).

Ainda assim não será tarefa fácil para o representante brasileiro, que terá pela frente a chinesa LGD ou a MAD Lions da LEC.

Tudo promete uma Fase de Entrada extremamente competitiva pelas quatro vagas disponíveis, nós torcemos pra que a equipe brasileira consiga carimbar uma vaga na Fase de Grupos.

A final do CBLoL acontecerá neste sábado (05) com o confronto entre INTZ e paiN Gaming, e irá definir nosso representante no Mundial desse ano.

E para ficar por dentro do Mundial, esports, jogos, músicas, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Leia também:

CBLoL 2020: A jornada superando adversidades até a Final

Tellstones King’s Gambit: Novo Tabletop da Riot Games

Havan Liberty anuncia maior gaming office da América Latina

Comentários