Obsessão: CTRL V da realidade?

Demorei pra assistir, mas vale a pena vir aqui contar um pouco de Obsessão, filme lançado no Brasil em 2019 e dirigido por Neil Jordan.

A trama gira em torno de Frances, uma jovem que acabou de perder a mãe, e Greta, uma senhora viúva. Por intermédio de uma bolsa, as duas personagens se conhecem e rapidamente se tornam amigas. E o que poderia virar uma bela amizad transforma-se em um verdadeiro pesadelo, nos levando a crer naquele famoso dizer popular “o inimigo pode estar ao nosso lado”.

Temos no elenco a atriz Chloe Grace Moretz e Isabelle Huppert, monstra do cinema europeu e dona do meu coração, rs. *Inclusive já escrevi sobre ela aqui em Frankie. Fica a dica para quem ainda não assistiu *

Não tem como negar, estamos acostumados com filmes que retratam o relacionamento abusivo-obsessivo entre homem e mulher. Este é o grande diferencial de Obsessão, pois observamos duas figuras femininas representando esse tipo de relação extremamente doentia.

Apesar de não dar muita credibilidade ao trabalho de Chloe, confesso que dessa vez ela me surpreendeu. Sua atuação conseguiu acompanhar o ritmo de Huppert, que foi fiel a psicopata Greta, por sinal, nome original do filme.

Classificado como suspense-psicológico, Obsessão não tem uma produção DAQUELAS, mas apesar disso conseguiu cumprir com o objetivo do roteiro, nos apresentando horror com muitas doses de drama e sarcasmo.

Obsessão (Greta)

Ano: 2019
País: EUA
Duração: 1h38m
Direção: Neil Jordan

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Leia também:

Tom Cruise e Nasa prometem primeiro filme gravado no espaço

Westworld: 3° Temporada – Crítica

Comentários