Worlds 2020: G2 e Suning estão nas quartas

Esta quinta-feira (08) foi o dia decisivo no Grupo A no Worlds 2020 (Mundial de League of Legends), com uma run milagrosa da Team Liquid sendo jogada no lixo pela Suning, que se classificou junto com a G2.

Com os resultados anteriores do dia, a Team Liquid dependia de vencer todos os seus jogos e a Suning perder todos, para o time da LCS avançar no Worlds 2020.

Suning x Team Liquid

O jogo começou com uma arapuca da Team Liquid dentro da selva inimiga, que rendeu 3 abates e cedeu apenas 1.

Mas mesmo com a enorme vantagem gerada pelo nível um, a Suning conseguiu dominar o early game e construir vantagem no farm e objetivos.

Mas com boas respostas e lutas dos estadunidenses, a Suning ficou para trás e assistiu os adversários conquistar vantagens pelo mapa.

A grande vantagem da Team Liquid foi após lutar e conquistar o Barão: com muitos abates e a vantagem do buff, o time da LCS conseguiu fechar o jogo tranquilamente.

O destaque foi o suporte CoreJJ.

Team Liquid x Machi Esports

Com os resultados do dia, essa partida teve um peso gigantesco para o time do NA, mesmo que a Machi já estivesse eliminada.

A Liquid precisava vencer e torcer para a a G2 vencer a chinesa Suning.

E com um jogo completamente dominante, a Team Liquid atropelou os adversários, se mantendo viva na competição.

Jensen e sua Syndra foram os destaques do jogo.

Suning x G2 Esports

O último jogo regular do Grupo A foi, até então, o mais importante do dia.

Valendo a classificação direta da Suning, sem ter que disputar o desempate contra a Liquid, e garantindo mais uma partida entre G2 e Suning pelo primeiro lugar do grupo.

Dentro de Summoner’s Rift vimos uma Suning extremamente dominante, com vantagem em tudo que se pode ter vantagem no LoL.

A G2 só conseguiu uma boa resposta com 18 minutos de jogo, após um dive mal executado pela equipe chinesa. Mas isso não foi o suficiente para a equipe voltar no jogo.

Após isso, assistimos a G2 sucumbir a diversas investidas da Suning e o Nexus da equipe europeia ser destruído.

O destaque da partida foi o Bardo do SwordArt.

Esse resultado colocou um fim na miracle run da Team Liquid, mandando os estadunidenses de volta pra casa.

Desempate: Suning x G2

Pelo empate de resultados entre as equipes, tivemos um jogo a mais para encerrar o Grupo A, que definiu qual equipe levou o primeiro lugar.

E nessa batalha, quem saiu na vantagem inicial foi a G2, que teve um excelente early game, mas acabou decaindo graças a uma ótima execução da Suning.

Os chineses impuseram pressão e tomaram a dianteira do jogo, mesmo com alguns erros ao extender algumas lutas.

Esses overs da Suning acabaram igualando o jogo ao ceder muitos abates para a G2, que conseguiu conquistar a Alma Infernal, mas graças a um momento incrível do top laner Bin com seu Gankplank a equipe chinesa conseguiu marchar rumo ao nexus europeu e venceu o jogo.

O grande destaque da partida foi justamente o Gankplank do Bin, que colocou a Suning como líder do Grupo A.

As colocações do Grupo A ficaram assim:

Suning em primeiro, G2 em segundo, Liquid em terceiro e Machi em último lugar
Reprodução: LoL Esports BR

O Multiverso+ está realizando a cobertura completa dos jogos do Worlds 2020. Fique de olho!

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Leia também:

Worlds 2020: Grupo A fecha MD1s, confira os 3 primeiros jogos do dia

League of Legends: Riot anuncia o fim da OPL, entenda as consequências

OUÇA: M+ Podcast 34 – LoL Worlds 2020: Semana 3

Comentários