Worlds 2020: INTZ revela como está a preparação para o torneio e mais

A INTZ é a representante brasileira no Mundial de League of Legends (Worlds 2020) e o Multiverso+ teve a oportunidade de conversar com a equipe nessa quinta-feira (24), último dia antes do início da competição, para saber um pouco sobre sua adaptação a região do torneio e sua preparação para o início da disputa.

Adaptação

O Worlds 2020 vai acontecer em Xangai, na China, de 25 de setembro a 31 de outubro. O que significa um fuso horário completamente diferente do brasileiro. Por isso, os intrépidos estão 11 horas na frente do Brasil e uma mudança tão grande é um fator que mexe com a adaptação. Então iniciamos a conversa perguntando sobre como foi a adaptação para o fuso horário chinês.

No começo foi difícil, mas agora passados alguns dias, já estamos adaptados. Acho que quem mais teve dificuldade foi o Maestro. Ele que tem mais sono fora do horário”, contou Shini se divertindo com seu coach tentando se adaptar a mudança.

Sono já ajustado. Qual é o próximo passo de adaptação? Culinária! Será que a INTZ teve dificuldades de se adaptar a culinária local?

Shini encarou bem a mudança de cardápio: “É diferente, mas eu gostei. Não sinto falta de nada em específico, pois eu gosto bastante de frutos do mar e aqui tem bastante.”

Já o topo Tay está sentindo falta de um clássico brasileiro: “Acho que o mais diferente está sendo a falta de arroz e feijão. Eu sinto falta de não comer isso de vez em quando”. Tay também comentou sobre um ponto positivo da cultura local. “O pessoal aqui é muito disciplinado. Todos os processos do país são extremamente organizados”, afirmou o jogador.

Preparação da INTZ

Ao participar do mundial desse ano, a INTZ está em seu segundo ano consecutivo com basicamente a mesma line-up participando de uma competição internacional. Em 2019, o time havia disputado o MSI. É interessante comparar a preparação da INTZ para o MIS 2019 e o Worlds 2020 e o time foi questionado sobre o que pode perceber de diferença entre os dois campeonatos.

Essa participação (Worlds 2020) está sendo melhor porque tivemos mais tempo pra preparar, o que ajudou bastante a acostumar com a rotina e, principalmente com o jet lag”, revelou o caçador Shini. “Está mais fácil de arrumar treino, pois temos mais times aqui. Além do Mundial ter mais times, já estão todos os times aqui na China. Diferentemente do Vietnã, onde os times da fase de grupo chegaram depois”, completou explicando sobre a diferença de conseguir parceiros de treinos nesse torneio ao MSI no ano anterior.

Expectativa para a competição

Questionado sobre os adversários do Grupo A que podem ser mais fáceis, Tay afirmou que o grupo é bem balanceado, mas se precisar apontar um em especial: “Apontaria a Legacy como o mais tranquilo. Todos os times aqui têm o nível muito bom, mas eles (Legacy) vêm de uma região menos forte que as outras”, disse o topo.

Já em relação aos maiores desafios do torneio, Tay e Shini levantaram alguns nomes:

KaKAO (caçador da SuperMassive). O estilo de jogo dele é bastante ativo, o que demanda bastante atenção para o mapa do time inteiro”, disse Shini.

Acho que o Carzzy (adc da MAD Lions). Joguei com ele em algumas SoloQ e o nível individual dele surpreendeu bastante”, contou Tay.

A INTZ vai enfrentar a MAD Lions, time de seu antigo coach Peter Dun, logo no primeiro jogo. Esse embate gera grande expectativa na torcida brasileira, pois Peter Dun teve um papel fundamental no crescimento do time intrépido e foi um grande mentor para Maestro.

Mas MAD Lions a parte, buscamos saber também se tinha algum outro time em especial nessa Fase de Entrada do que o técnico Maestro está com bastante expectativa de enfrentar.

Maestro não teve dúvidas: “Estou bastante ansioso para jogar com a Team Liquid. Temos uma boa relação e eu particularmente admiro muito a organização e o trabalho que eles fazem, tanto no LoL quanto em outras modalidades. Já os acompanho desde antes de formarem a lendária line-up que venceu o The International. Será um confronto divertido!

Início da Fase de Entrada

A INTZ vai abrir as partidas do play-in jogando contra a MAD Lions nesta sexta-feira (25), às 5h da manhã pelo horário de Brasília. Mais tarde no mesmo dia a equipe brasileira vai enfrentar também a Legacy, às 7h. Vale lembrar que, como a competição será em Xangai, na China, o fuso horário dos jogos está 11 horas na frente do Brasil.

Confira todas as partidas do primeiro dia do torneio, sexta-feira (25):

5h – MAD Lions x INTZ
6h – PSG Talon x Rainbow7
7h – Legacy Esports x INTZ
8h – LGD Gaming x PSG Talon
9h – Team Liquid x MAD Lions

 

O Multiverso+ vai realizar a cobertura completa dos jogos do Worlds 2020. Fique de olho!

E para ficar por dentro de todas as novidades de esports, jogosfilmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Leia também:

Rainbow Six: Jogo terá período gratuito nos consoles e PC

CBLoL 2020: A jornada superando adversidades até a Final

Fall Guys: Artista faz skins de Pokémon

Worlds 2020: Todos os times classificados de cada região

Comentários