CBLoL 2020: INTZ vence final contra paiN

Em uma final presencial entre os jogadores o Campeonato Brasileiro de League of Legends 2020 (CBLoL) aconteceram os últimos jogos do segundo split de 2020. Os times da paiN Gaming e da INTZ fizeram essa final valendo uma vaga para o Mundial e os intrépidos saíram vitoriosos por 3 a 1.

Cerimônia de abertura de INTZ x paiN

Com os jogos acontecendo em um local inusitado para garantir a segurança dos jogadores e equipe de transmissão, o show de abertura também foi diferente. Isso porque o show teve como objetivo enaltecer os esports em um ano de tantos desafios. Por conta disso, para criar esse hype e motivar a comunidade foram convidados o artista Vintage Culture e o rapper Pedro Qualy, que assinaram a faixa Somos um Só.

INTZ x paiN: Entenda como foram os jogos

1º Jogo: Uma mensagem para a paiN

Primeiramente vamos falar sobre a garra da INTZ eles desdo o início focaram uma pessoa. Isso foi revelado pelo áudio aberto da equipe, que sempre falou sobre focar uma pessoa e desestabilizar ela. Começamos com os picks e bans por partes da INTZ todos focados ao bot (Kalista, Ashe, Caitlyng e Jhin). Foram uma mensagem ao bot da paiN. Parecia que o foco dos intrépidos seria o bot, mas não foi bem assim. Com as duas composições focadas em late game, os times começaram o jogo bem disputado no mid. Os ganks por parte da INTZ acabaram sendo mais efetivos. Mas o jogo foi decidido pelo dive da INTZ no bot da paiN, onde o suporte RedBearthe saiu com um triple kill fazendo assim uma bola de neve imparável por parte do bot da INTZ até a base inimiga e garantindo a primeira vitória da série.

2º Jogo: O jogo rodando para uma line

Com o segundo jogo, o foco da INTZ se revelou. O mid da paiN, Tinowns, era o foco esse tempo todo e isso foi demostrado com uma grande ação no bot desde os 7 minutos de jogo, com sua composição de target focado. A paiN jogou tudo contra o mid dos intrépidos e ENVY tentou colocar todos os esforços no seu ADC, porém ao longo do jogo acabou sendo uma opção falha e mesmo com 2 barões a paiN não conseguiu a sua vitória. O momento principal da partida foi o jungle da INTZ roubando o dragão ancião e acabando com todas as chances da paiN.

3º Jogo: Uma possível recuperação

Tivemos uma paiN completamente diferente nesse jogo. Mais ousado e controlando tudo, o time de brTT foi muito bom focando objetivos e controlando o mapa, fazendo esse ser o jogo mais rápido de todos da série e colocando a paiN de volta ao 4º jogo. Cariok mudou seu pick na jungle para o seu Hecarin e foi a diferença nesse game assim como o top Robo e seu Volibear. Um jogo bom da paiN e que foi a chamada para os paiNzetes para a tão sonhada recuperação do time.

4º Jogo: INTZ e seu jogo além

Lembra do áudio do time da INTZ falando do foco em uma determinada pessoa, mas sem revelar o seu nome? Então voltamos a isso aqui. Um jogo todo voltado no mid. Shini aparecendo toda hora nessa lane e pegando kills em cima do Tinowns. O jogador da paiN ficou muito preocupado com isso, porém não se deu conta que o time todo estava ficando forte demais. E assim, em menos de 20 minutos a equipe dos intrépidos estava liquidando a paiN e confirmando sua presença no Mundial.

Mundial 2020

E assim se encerra o CBLoL 2020. Com direito a um 3 a 1 sólido, a INTZ garante sua vaga para o Mundial de League of Legends. A equipe representará o Brasil no próximo Mudial, que acontece em Xangai (China), de 25 de setembro a 31 de outubro.

 

A equipe do Multiverso+ deseja sorte aos nossos representantes brasileiros.

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Leia também:

Dota 2: Havan Liberty realiza mudanças no time

#VCRX Saiba tudo sobre o evento Online da Crunchyroll

Racismo e Intolerância no Carnaval Carioca

Comentários