MIBR vence FaZe na estreia da Blast Premier Fall Showdown

Se não tem emoção, não é MIBR: a equipe brasileira conquistou sua primeira vitória na Blast Fall Showdown sobre a FaZe em uma série de tirar o fôlego. As vitórias na Nuke (22×20) e Dust2 (16×11) contaram com grande atuação de trk e v$m.

mibr vence faze blast fall showdown

O jogo

Um rápido pistol na região do fora deu o primeiro ponto da partida ao MIBR. Porém, no round seguinte, um forçado da FaZe, foi a vez de rain e coldzera brilharem para trazer emoção para o início da partida.

Assim como no round anterior, coube ao brasileiro da FaZe converter mais um clutch para quebrar a economia do MIBR. No eco, conversão do combinado europeu para colocar 3×1 no placar. 

O ritmo dos europeus seguiu forte, com diferentes situações favorecendo a equipe dentro do jogo e coldzera aparecendo, como sempre, quando o time precisa – foram nove rounds em sequência para a FaZe chegar em 9×1.

Foi então que os brasileiros reagiram e colocaram o seu segundo ponto no placar, com boas trocas em uma execução no bombsite A. No entanto, o ímpeto da FaZe seguiu até o fim do primeiro tempo, fechado em 11×4 o primeiro tempo da Nuke.

Lados trocado e mais um round pistol muito rápido, porém, o ritmo imposto foi o dos adversários. O MIBR forçou a compra no round seguinte mas não conseguiu segurar o bombsite B, alvo do ataque da equipe terrorista.

Com a economia totalmente fragilizada, os brasileiros cederam mais um ponto até conseguir emplacar novamente no primeiro armado completo, 14×5 para a FaZe. Armamento completo novamente e MIBR de volta no jogo.

Um lindo round de v$m colocou o sétimo ponto brasileiro no placar, 14×7, e trouxe um novo gás para a equipe.

O MIBR então emplacou outros seis rounds para encostar no placar, 14×13. A FaZe reagiu com um bom round de coldzera, para colocar o 15×13 no placar.

No primeiro map point da FaZe, a dupla kNg e v$m brilharam ao segurar a região da rampa para dar mais uma chance para o Brasil. Essa chance foi bem aproveitada e o MIBR conseguiu forçar o tempo extra.

A prorrogação começou com lados mantidos e o MIBR jogando de CT. A primeira tentativa da FaZe foi no bombsite B, conquistando o espaço através de uma passagem com smokes no fora. O afterplant foi bom e a FaZe converteu o primeiro round da prorrogação.

Apesar de sair atrás, o MIBR conseguiu executar um belo retake no bombsite B, após comprar uma execução fake na A, para empatar novamente o placar em 16×16.

Pela primeira vez na partida, depois de um bom flanco jogado por kNg enquanto os jogadores passavam pela região do secret, a equipe brasileira tomou a frente no placar. No entanto, uma rotação mal feita do MIBR custou o round seguinte para empatar o mapa mais uma vez.

As equipes então trocaram rounds para encaminhar a partida para mais um tempo extra, que começou melhor para a FaZe. Os europeus fizeram dois de três rounds no lado CT – 20×19. Mas esse round de v$m manteve o MIBR na partida:

Novamente assumindo o lado mais forte do mapa, o MIBR conseguiu sair na frente em boa defesa da rampa feita por v$m e empatou o placar. Uma bela jogada do capitão brasileiro na parte externa do mapa colocou o MIBR a um ponto de fechar o primeiro mapa da série.

O último round contou com uma parede de smokes fora da FaZe, utilizada para vender um fake, que não foi comprado pela equipe brasileira. Na entrada A, foi a vez de trk brilhar e garantir a defesa que deu a vitória para o MIBR no mapa de sua escolha.

Dust2

O segundo mapa da série começou com o MIBR dominando o fundo e finalizando o round no bombsite A, após um bom afterplant. Novamente batendo no fundo, o armamento melhor da equipe brasileira fez a diferença para a conversão do segundo e do terceiro rounds.

Com os dois times completamente armados, a MIBR conseguiu converter os dois rounds seguintes, com direito a spray transfer de v$m – 6×0. A sequência positiva seguiu até o décimo round, quando a FaZe conseguiu colocar o seu primeiro ponto no placar.

Troca de rounds entre as equipes, gás final dado pelos adversários para fechar o primeiro tempo da Dust2: vitória parcial do MIBR por 10×5.

Lados trocados e mais um pistol para o MIBR, bem como o round eco subsequente. No primeiro armado, a FaZe conseguiu encaixar uma execução no bombsite B para fazer o seu sexto ponto na partida.

Novamente as equipes trocaram rounds para então a FaZe ter um bom momento na partida e diminuir a desvantagem para 13×11. Foi aí que o MIBR brilhou: um round de pistolas quebrou o ímpeto da FaZe e os brasileiros emplacaram dois rounds para ficar a um ponto de vencer a série.

No último round, foi a vez de LUCAS1 brilhar dentro do bombsite A e segurar um split da FaZe. Ponto do MIBR e vitória na série de estreia na Blast Fall Showdown.

Quando o MIBR joga?

O MIBR agora aguarda o vencedor do confronto entre Liquid e Mad Lions, às 15h30 de sexta-feira (27) para saber quem será seu adversário nas quartas de final. Você pode acompanhar as transmissões da Blast Fall Showdown pelo canal oficial do torneio na Twitch (em inglês) ou pelo canal do streamer Gaules.

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Leia também:

Entrevista+: Yampi fala sobre passado, carreira e hobbies

PUBG MOBILE anuncia calendário competitivo de 2021

Prêmio CBLoL 2020 celebra o fim de um ano atípico

Comentários

Júlio Desordi

Gaúcho, jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), sediado em Florianópolis (SC).Tenho a mira cansada, mas conheço os atalhos.