Alexa & Katie: Crítica da temporada final

Alexa & Katie é uma série da Netflix que a primeira vista parece ser só mais uma série de amizade adolescentes. É de fato um programa cheio de comédia, porém é muito mais que isso. O seriado tem diversas camadas, conseguindo navegar entre a alegria e temas sérios tratados com a seriedade e delicadeza que precisam como câncer, ansiedade e ataque de pânico. A quarta e última temporada da série foi lançada no último sábado (13) e foi o fechamento perfeito.

Após a cura de Alexa, a temática do câncer havia ficado um pouco perdida e os roteiristas resgataram o tema de forma processada ao adicionar um novo personagem com câncer, Spencer, que veio a se tornar o namorado de Alexa. Foi legal resgatar o tema, mas era um pouco mais do mesmo. A nova temporada resgatou o tema novamente, mas dessa vez essa parte essencial da série foi tratada de forma perfeita e sem reciclagem.

Alexa & Katie: O que esperar da nova temporada

Agora, Alexa está no último ano da escola, ela e Spencer estão curados, mas mesmo assim o fantasma do câncer está sempre lá para assombrar. Mesmo sendo sobreviventes, que já seguiram com suas vidas após a cura, para outras pessoas eles parecem se resumir ao câncer e isso incomoda muito Alexa. De fato isso faz com que pessoas que nunca tiveram a doença reflitam sobre como agem com quem tem/já teve, porque o câncer não afeta apenas quem o tem, porém todos a sua volta. Contudo, a temporada vai mostrar também um novo jeito de um sobrevivente encarar a vida depois do câncer.

Enquanto isso, vamos acompanhar Katie passando por seus próprios problemas pessoas. A menina já está tratando suas crises de ansiedade com acompanhamento médico, porém mesmo com o tratamento um eventualmente um ataque de pânico ainda pode surgir. Isto porque ela precisa decidir entre cursar uma faculdade em busca da certeza do emprego após a formatura ou seguir sua paixão pela atuação em uma escolha menos garantida.

A questão do que escolher para cursar na faculdade também é tratada, mas com calma. As duas meninas passam por reflexão sobre o tema, mas a série trata isso com cuidado, sem pisar muito fundo no clichê de seguir sua paixão. Todos dão suporte para as meninas, não importa o que decidam, porém a decisão fica inteiramente nas mãos delas. Bem como a escolha de para qual faculdade ir.

Assim como a terceira temporada, a última conta apenas com 8 episódios.

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Leia também:

Coisa Mais Linda: Confira trailer inédito da segunda temporada

Baki: 3° Temporada – Crítica

Space Force: O reencontro de Steve Carell e um roteirista de The Office

Comentários