Alerta Vermelho | Crítica Sem Spoilers

Alerta Vermelho | Crítica Sem Spoilers

Alerta Vermelho estreou em 12 de novembro na Netflix e teve a maior estreia da história do streaming.

Alerta Vermelho | Netflix
Alerta Vermelho | Netflix

Sinopse Alerta Vermelho:

Uma união nada convencional entre um agente do FBI e um ladrão de arte tem como motivo a busca por uma criminosa muito sagaz e esperta.

Crítica:

Alerta Vermelho está no top 1, teve a maior estreia e, além disso, é também a obra mais cara já produzida pela Netflix, com o custo de 200 milhões de dólares. Mas será que esses marcos condizem com uma obra de excelência?

Certamente, a crítica especializada responderia que não, já que a aprovação foi de 44% no Rotten Tomatoes. Mas isso pode ser explicado por diversos fatores. 

O filme é estrelado por uma excelente tríade: Dwayne Johnson  interpreta o agente do FBI John Hartley, Ryan Reynolds como Nolan Booth e Gal Gadot como “Bispo”. Esse elenco tão carismático e conhecido pelo público seria a fórmula do sucesso de Alerta Vermelho? De fato, é motivo suficiente para o público assistir o filme, mas a obra fracassa em se apoiar apenas em seu elenco.  A dinâmica entre Dwayne e Ryan foi o ponto alto do filme, uma representação de “gato e rato” que é satisfatória de assistir. Mas isso não é suficiente para prender o telespectador e gerar alguma ansiedade sobre o rumo do longa.

O filme propõe comédia, ação e roubos, mas só a comédia se faz presente, no robusto Dwayne e Ryan, que parecia estar interpretando Deadpool.

A construção da obra parece não permitir que o elenco esteja imerso em seus personagens. Eles estão ali apenas fazendo o que gostam e estão acostumados. Na única cena de luta, por exemplo, eu não consegui ver a personagem de Gal Gadot, cujo nome real saimos do filme sem saber, mas só pensamos na Mulher Maravilha. Isso é comum quando o ator é muito famoso por interpretar um personagem, mas certamente o roteiro não ajuda em absolutamente nada para haver essa distinção.

Aliás, é possível ver que o elenco estava muito à vontade no filme. E isso pode ser o motivo para o encarecimento da obra. Veja algumas declarações do elenco numa divulgação do filme no The Jonathan Ross Show:

“Nós erramos muitas cenas. Ryan esperava nos cantos para nos dar sustos” disse Gal Gadot

“Nós perdemos milhões de dólares da Netflix apenas brincando e rindo no set” disse Ryan Reynolds.

Com a direção de Rawson Marshall Thurber (Arranha-Céu: Coragem sem Limite), Alerta Vermelho apresenta uma narrativa fraca, roubos nada emocionantes e não consegue se redimir apenas com a dinâmica da dupla. Infelizmente, o elenco de peso não foi bem aproveitado, apesar de não parecer problema para eles pela diversão que as gravações e o encontro do trio gerou.  Por fim, digo que é um filme mediano demais para seu orçamento e todo trabalho de marketing gerado sobre ele. É possível assistir e tirar umas risadas dele, mas sem expectativas sobre grandes emoções e enredo. 

Portanto, Alerta Vermelho é uma obra 6/10.

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter .

Leia mais:

La Casa de Papel, Netflix revela pôster oficial e making of da Parte 5, Volume 2

Vingança e Castigo | Crítica (Sem Spoilers)

Homem Aranha: Sem Volta para Casa: Segundo trailer é finalmente revelado

Comentários

Jornalista em formação, marvete de carteirinha e amante da sétima arte.

Ana Carolina Ferreira

Jornalista em formação, marvete de carteirinha e amante da sétima arte.